Notícia

ES tem 15 mil contribuintes na malha fina: saiba se você está

No começo de maio, esse número alcançou a marca dos 40 mil, mas 25 mil saíram da malha após apresentar uma declaração retificadora

Contribuintes caíram na malha fina da Receita
Contribuintes caíram na malha fina da Receita
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Quase cinco meses depois do fim do prazo para a declaração do Imposto de Renda, o Espírito Santo tem ainda 15 mil contribuintes na malha fina. No começo de maio, esse número alcançou a marca dos 40 mil, mas 25 mil saíram da malha após apresentar uma declaração retificadora corrigindo erros da anterior que tinha sido entregue.

O quarto lote da restituição do imposto de renda foi divulgado na última segunda-feira (09). Foram contemplados 2,8 milhões de contribuintes, totalizando R$ 3,5 bilhões. O crédito será feito no 16 de setembro e será corrigido em 3,08%, de acordo com a remuneração da Selic entre maio e setembro deste ano.

Desde maio, está disponível no sistema da Receita Federal a consulta para o contribuinte saber a situação da declaração: se ela está em processamento, se está na malha fina ou se o valor a restituir está liberado.

> Governo estuda reduzir todas as alíquotas do Imposto de Renda

Ivon Pontes Schayder, delegado-adjunto da Receita Federal no Espírito, orienta que o cidadão faça essa consulta todo mês no site da Receita.

“Quando você transmite uma declaração, você não deve abandoná-la. Você deve acompanhá-la em todo o seu processamento até a liberação. A Receita, ao constatar alguma inconsistência na declaração, vai mostrar nesse extrato qual o erro que ela apurou”, reforça.

Caso o contribuinte identifique que está na malha fina, ele pode fazer a correção na declaração antes de ser notificado pela Receita.

> Paulo Guedes corrigirá injustiça se amansar o Leão do Imposto de Renda

“Depois que a Receita notificar, ele já estará em processo de fiscalização, e portanto não poderá mais retificar sua declaração. Ele vai ser notificado, vai receber uma correspondência e deverá justificar a divergência e entregar documentos comprobatórios que a justifiquem”, explica.

Como saber se você está na malha fina

Site da Receita

Para ter acesso ao extrato do processamento da declaração, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal

E-cac

Ao entrar no site, é precisando clicar no portal de atendimento ‘E-cac’.

Código de Acesso

Para acessar o extrato, o contribuinte precisa gerar um código de acesso, com o CPF, a data de nascimento e o número dos recibos de entrega das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) apresentadas nos 2 (dois) últimos exercícios dentro do período dos seis últimos anos, ou seja, o exercício atual e os cinco anteriores, em que tenha aparecido como titular. O número do recibo deve ser sempre o da declaração ativa - última entregue para o exercício solicitado (retificadora, inclusive). Caso tenha entregue apenas uma declaração, é exigido somente o número do recibo do exercício que foi entregue dentro do período citado.

Ver comentários