Notícia

Espírito Santo ganha prêmio de melhor preparo de café do Brasil

Mestre de torra Jonathan Piazarolo, que é sócio de uma empresa capixaba de cafés especiais, vai representar o país em campeonato mundial marcado para novembro em Taiwan

O Espírito Santo é mais uma vez destaque na cafeicultura, mas desta vez na torra dos grãos. O mestre de torra Jonathan Piazarolo, 38 anos, ganhou o prêmio de melhor técnica de preparo de cafés especiais do país. Com isso, embarca no mês de novembro para Taiwan onde representará o Brasil no campeonato mundial.

O capixaba Jonathan Piazarolo, 38 anos, ganhou o prêmio de melhor mestre de torra do país
O capixaba Jonathan Piazarolo, 38 anos, ganhou o prêmio de melhor mestre de torra do país
Foto: Reprodução Facebook/Kaffa Cafeteria

Jonathan, que é co-proprietário do Trentino Cafés Especiais, competiu com outros 23 mestres de torra de todo o país no 3º Campeonato Brasileiro de Torra da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA).

> Produção familiar leva café capixaba para o mundo

Os competidores passaram por quatro dias de provas, em Curitiba (PR), e o resultado foi revelado no último sábado (7). Lá, eles receberam amostras de um café e realizaram a torra dos grãos do cerrado mineiro.

Apesar de ser natural Governador Valadares, em Minas Gerais, Jonathan mora em Vitória desde um ano de idade. Há 20 anos trabalha com café, sendo que há dez anos tem mini torrefadora e se dedica aos grãos especiais. Este foi o segundo ano em que ele participou do concurso.

> Linhares é o terceiro maior produtor de café do Brasil

“No ano passado consegui ficar em nono lugar. Este é um prêmio que representa o tempo de dedicação a essa profissão. Na hora que recebi o troféu passou um filme na minha mente de tudo o que vivi”, comenta o campeão.

Ver comentários