Notícia

Revestimentos com efeito 3D dão volume e movimento a qualquer ambiente

O material, além de ter várias cores e formatos, pode ser aplicado em diferentes cômodos

 Carminha Ribeiro combinou o revestimento 3D cinza com outros elementos da cozinha
Carminha Ribeiro combinou o revestimento 3D cinza com outros elementos da cozinha
Foto: Divulgação

O 3D saiu das telas de cinema para invadir a decoração. Os revestimentos com este efeito imprimem mais modernidade e personalidade aos ambientes.

O material, além de ter várias cores e formatos, pode ser aplicado em diferentes cômodos. “A escolha deve ter dois princípios: o uso e a dimensão do ambiente. O revestimento deve ser prático para manutenção e proporcional ao espaço”, observa a arquiteta e designer de interiores, CarminhaRibeiro.

Leia também

Ela explica que em espaços pequenos o efeito 3D tem que ser mais delicado e com cores mais claras, porque as cores escuras e a volumetria grande diminuem o ambiente. “Existem vários formatos, mas o de 20X20 facilita a personalização. Já nas áreas externas, como espaço gourmet e fachada, vale apostar nos formatos maiores - 30x30 e 40x40 -, e tons mais fortes.”

Ela criou uma cozinha com conceito industrial e usou na parede o revestimento 3D – 20x20 -, na cor cinza escuro. “A ideia foi levar movimento e volume para a cozinha. O revestimento faz uma combinação com outros elementos do espaço para criar uma composição, como a marcenaria, bancada com a ilha e eletrodomésticos”, diz Carminha.

A arquiteta Larissa Cabral projetou uma sala de estar para um casal jovem e descontraído, integrada com o espaço de jantar e pequena varanda gourmet.Ela apostou no revestimento 3D cimentício, que lembra a lapidação de um diamante.“O visual de triângulos justapostos produz uma aparência fantástica ao revestimento. Além de beleza, o produto garante uma proteção acústica, visto que estas peças aplicadas na parede têm espessuras consideráveis. Para valorizar ainda mais o material, vale investir na iluminação para criar um jogo de luz e sombras, que fica incrível.”

Já a arquiteta Tatiana Pradal projetou uma varanda com revestimento em madeira de reflorestamento, que forma o efeito 3D. A madeira é tingida na cor vermelho. “O legal do revestimento é que ele pode ser trabalhado em detalhes ou na parede inteira, independentemente do ambiente. São várias cores e formatos, que ajudam a criar o efeito de volumetria, formando um detalhe interessante e que chama a atenção. E, com o auxílio da iluminação, permite um efeito ainda mais bonito.”

 

 

Ver comentários