Notícia

Ano novo, casa com decoração nova

Especialistas dão valiosas dicas de como deixar a casa com a cara, e a energia, de 2019

Foto: Divulgação

De forma sutil, a decoração da década de 80 marca presença no cenário atual. Cores e estampas são resgatadas. Direto do túnel de possibilidades, incluem-se as combinações de vasos com porta-retratos e montagens com as almofadas. Ornamentos ganham nova roupagem, levando em consideração mudanças culturais.

Na visão da designer de interiores Flávia Dadalto, os projetos não serão completamente repaginados, mas terão novos acabamentos. “O que já estava lançado deve permanecer, como o uso do 3D e do grafite. Também continua a valorização do metalon – metal em diversos tons, incluindo rosé, nude e dourado com brilho. São cores bastante procuradas, que fogem do convencional nesse tipo de material.”

Leia também

Ao montar a decoração de casa do zero ou não, a profissional indica que é importante não comprar os adornos separadamente. “É bom fazer a simulação das peças que pretende comprar na loja. Na produção de uma estante, por exemplo, é preciso analisar o tamanho, a profundidade e a altura da peça. A exceção é quando o comprador se encanta por algum objeto e resolve, a partir dele, montar um cantinho específico”, orienta.

Para não deixar a casa impessoal, é indispensável levar em consideração a aposta no equilíbrio. “É fundamental enxergar o todo. E, assim, não cair no erro de olhar uma peça de forma isolada, e se perder na composição. Tem que observar os adornos, os elementos e a iluminação presentes.”, recomenda Flávia.

Antes de selecionar as peças da casa, o arquiteto David Bastos aconselha que as pessoas pensem na utilidade. “É preciso verificar o conteúdo já existente. A compra de peças que conversem com o acervo é fundamental para quem quer ousar sem o medo de errar”, indica. As particularidades de cada morador também compõem o alinhamento estético. “É necessário entender as personalidades e respeitá-las”.

Foto: Divulgação

ILUMINE-SE

Segundo o arquiteto David Bastos, a personalidade do morador deve ser valorizada
Segundo o arquiteto David Bastos, a personalidade do morador deve ser valorizada
Foto: Divulgação

REALCE

A iluminação é fundamental para destacar o ambiente, ajuda a realçar o décor e dá vida ao espaço.

FOQUE

A melhor maneira para evidenciar as peças da decoração é por meio da luz focada.

ATENTE-SE

Atenção à reprodução de cor. As placas de LED têm iluminação homogênea, sem destaque. Nesse caso, a reprodução de cor não é alta, e os tons ficam parecidos e sem realce.

Fonte: Adriana Martins, arquiteta especialista em iluminação

Ver comentários