Notícia

Número de mortos em atentado em Cabul sobe para 48

Wahid Majro, porta-voz do Ministério Público da Saúde, disse que outras 54 pessoas ficaram feridas no ataque de doming

Movimentação no entorno do centro de recenseamento eleitoral, depois de um atentado suicida em Cabul, no Afeganistão, neste domingo (22)
Movimentação no entorno do centro de recenseamento eleitoral, depois de um atentado suicida em Cabul, no Afeganistão, neste domingo (22)
Foto: RAHMAT GUL/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O número de mortos em função do ataque de um homem-bomba no centro de registro de eleitores, na capital afegã, neste domingo, aumentou para um mínimo de 48, enquanto outras 112 pessoas ficaram feridas, disse uma porta-voz do Ministério da Saúde Pública. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

Leia também

Wahid Majro, porta-voz do Ministério Público da Saúde, disse que outras 54 pessoas ficaram feridas no ataque de domingo. O general Daud Amin, chefe de polícia de Cabul, disse que o suicida atacou civis que estavam reunidos para receber cartões de identificação nacionais.