Notícia

Ministra dá à luz após seguir para o hospital de bicicleta

A atitude de Julie Anne Genter, uma parlamentar ecologista, gerou reações positivas

A ministra Julie Anne Genter optou por ir de bicicleta ao hospital para dar à luz seu filho
A ministra Julie Anne Genter optou por ir de bicicleta ao hospital para dar à luz seu filho
Foto: Instagram/Reprodução

A ministra para as Mulheres da Nova Zelândia, pedalou até o hospital na 42ª semana de gravidez no domingo, e, deu à luz ao seu filho nesta terça-feira (21).

"Estamos muito felizes de anunciar a chegada de nosso filho às 18h03, que pesa quase 4,3 quilos", publicou a mãe nas redes sociais. "Esperamos muito tempo para que o parto começasse, mas quando aconteceu foi curto e intenso. Somos muito gratos pela excelente equipe do Auckland Hospital, que ofereceu um cuidado maravilhoso, pela parteira independente incrivelmente experiente que nos apoiou em todo o caminho, e por nossos amigos e familiares incríveis. Todos vocês foram muito generosos!", completou.

Julie Anne Genter, uma parlamentar ecologista e defensora do uso de biciletas, optou por seguir pedalando por um quilômetro de sua casa até o Auckland City Hospital para ter o parto induzido.

Sua decisão, considerada um gesto coerente com sua forma de vida e propostas políticas, foi destacada pela imprensa e gerou reações positivas nas redes sociais. Alguns internautas a descreveram como uma mulher "durona".

> Hospital realiza chá de bebê para 125 mães em bairro pobre de Chicago

Genter afirmou no domingo que seu veículo era muito pequeno para acomodar a "equipe de apoio" e que o passeio de bicicleta a deixou "no melhor humor possível". Ela disse ainda que pretende tirar uma licença maternidade de três meses.

A primeira-ministra neozelandesa Jacinda Ardern, que retornou ao trabalho no mês passado, após seis semanas do nascimento de sua filha Neve, felicitou a colega de gabinete.

"Muito feliz em saber da chegada de um novo integrante ao grupo de brincadeiras do Parlamento. Espero que aproveite os primeiros dias muito especiais", escreveu no Twitter.

Ardern foi a segunda chefe de Governo a dar à luz enquanto ocupa o cargo máximo de um governo, depois da então primeira-ministra do Paquistão, Benazir Bhutto, em 1990.

 

 

 

 

Ver comentários