Notícia

Cidadão dos EUA é preso acusado de espionagem diz Rússia

A agência de notícias estatal Tass identificou o homem como Paul Whelan

Vladimir Putin discursa  no evento final da Rússia - Fórum Land of Opportunity
Vladimir Putin discursa no evento final da Rússia - Fórum Land of Opportunity
Foto: Kremlin / Divulgação

O Serviço Federal de Segurança (FSB, na sigla em inglês), a agência doméstica de segurança da Rússia, afirmou que prendeu um cidadão dos Estados Unidos suspeito de espionagem. O FSB disse que o americano foi detido em Moscou, na segunda-feira. Em comunicado nesta segunda-feira, o órgão informou que o homem foi preso "durante uma operação de espionagem", sem dar detalhes.

A agência de notícias estatal Tass identificou o homem como Paul Whelan. As acusações de espionagem pode levar a uma pena de até 20 anos de prisão na Rússia. A embaixada americana em Moscou não havia ainda comentado o assunto.

A prisão ocorre num momento negativo na relação bilateral, por causa da crise ucraniana, da guerra na Síria e das alegações de interferência da Rússia na eleição presidencial de 2016.

Ver comentários