Notícia

Temperatura na França bate recorde e chega a 44,3°C

A ministra da Saúde, Agnès Buzyn, pediu às pessoas que não se movimentassem entre as 12h e 14h

Museu do Louvre, em Paris
Museu do Louvre, em Paris
Foto: Reprodução/Pixabay

A França registrou nesta sexta-feira (28) a mais alta temperatura de sua história, com termômetros chegando aos 44,3°C. O recorde foi observado na cidade de Carpentras, no sul do país, às 13h48 (8h48 de Brasília). A informação é da agência meteorológica francesa Météo-France.

A ministra da Saúde, Agnès Buzyn, pediu às pessoas que não se movimentassem entre as 12h e 14h. Escolas fecharam em todo o território francês, e os pais foram recomendados a manter as crianças em casa.

Até então, a temperatura recorde na França era a registrada em 12 de agosto de 2003, quando Saint-Christol-les-Alès e Conqueyrac, também localizadas no sul do país, marcaram 44,1°C.

A onda de calor, que afeta todo o continente europeu e é decorrente de uma massa de ar quente originária no Saara, também elevou a temperatura em Montpellier (39°C) e Marseille (36°C).