Notícia

Governo Federal reconhece emergência em São Roque por causa da estiagem

A Portaria de nº 231 foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (21)

Visão geral da Prefeitura de São Roque do Canaã
Visão geral da Prefeitura de São Roque do Canaã
Foto: Divulgação / Prefeitura de São Roque do Canaã

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência no município de São Roque do Canaã, no Noroeste do Espírito Santo, por causa da estiagem. A Portaria, de nº 231, foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (21).

De acordo com o secretário de Meio Ambiente de São Roque do Canaã, André Barcellos, com a publicação da portaria, o município espera ser incluído na Sudene e conseguir mais recursos para aluguel de máquinas e caminhões-pipas, construção de mais barragens, e perfuração de mais poços.

"Nossa primeira tentativa é mostrar ao Governo Federal que o município já vem com uma série histórica, uma recorrência de crise hídrica há quatro anos. O primeiro pleito é ser inserido na Sudene, assim como Itaguaçu e Itarana. São Roque é na mesma região, tem o mesmo clima, a mesma produção agrícola, a mesma situação de crise".

Sobre a estiagem, o secretário informou que a sede do município passou recentemente por racionamento de água. A medida durou de duas a três semanas. Nesse período, o abastecimento era feito a cada três dias. A situação está regularizada hoje pois choveu nas cabeceiras do Rio Santa Maria do Doce.

A zona rural também foi afetada pela seca. Segundo Barcellos, a região de Santa Julia e Tancredo não produz há três anos, apenas nas cabeceiras. Como medidas, o município está construindo barragens tanto na zona rural como na urbana. Na zona urbana dois caminhões-pipas foram disponibilizados para a companhia de abastecimento.

Ver comentários