Notícia

Forte chuva gera transtornos em Colatina

Na tarde desta sexta (0), o nível do Rio Doce estava em 5,1 metros, com tendência de queda, segundo a Comunicação da Prefeitura de Colatina

Uma picape tentou passar pela via embaixo da Ponte Florentino Avidos e teve uma pane nesta sexta-feira (9), em Colatina
Uma picape tentou passar pela via embaixo da Ponte Florentino Avidos e teve uma pane nesta sexta-feira (9), em Colatina
Foto: Internauta

Uma forte chuva que atingiu a cidade de Colatina, na região Noroeste do Estado, causou transtornos nesta sexta-feira (9). Árvores caíram e ruas ficaram alagadas. Um motorista tentou passar em uma via que fica embaixo da ponte Florentino Avido — que está alagada — e deu pane no carro.

Leia também

O secretário de Comunicação do município, José Paulo da Costa, informou que a via embaixo da ponte é o primeiro local na cidade a acumular água porque é um ponto mais baixo e próximo do Rio Doce. Segundo ele, o trânsito foi interrompido e estava sinalizado para que os motoristas não passassem no local. No entanto, o condutor de uma picape, de cor branca, ignorou a sinalização e decidiu encarar a água.

“Isso só aconteceu porque ele tentou passar. O veículo deu pane e já foi retirado”, explicou Costa.

O secretário informou ainda que árvores caíram no bairro Vila Lenira, mas já foram retiradas pela prefeitura. Ainda de acordo com ele, apesar da chuva intensa que terminou por volta de 15 horas, nenhuma família ficou desabrigada em Colatina.

“Em duas horas o acumulado de chuva foi de 45,4 milímetros. Não houve nada grave, nenhuma família ficou desabrigada, nenhuma situação desesperadora para a cidade”, explicou.

ALERTA DE CHUVA

A Defesa Civil alertou a população para a chuva intensa que atingiria o município. O órgão orientou, por meio de SMS, que os moradores evitem áreas alagadas e procurem abrigos em locais seguros.

Defesa Civil emitiu alerta via SMS aos moradores de Colatina
Defesa Civil emitiu alerta via SMS aos moradores de Colatina
Foto: Reprodução

NÍVEL DO RIO DOCE

Ao contrário de Linhares, onde o Rio Doce já passou a cota de inundação e continua subindo , o nível do rio em Colatina se estabilizou e tende a cair nas próximas horas.

Costa informou ao Gazeta Online na manhã desta sexta-feira (9), que às 22h15 de quinta-feira (08) o número chegou a 6,42 metros, ultrapassando a cota de inundação, que é de 6,2 metros na cidade. "Daí em diante, só baixou. Às 9h15 desta sexta-feira (09), estava 5,9 metros", disse.

Na tarde desta sexta-feira (9), Costa disse que o nível continua caindo e registrou 5,16 metros. A turbidez está em 820 NTU e a vazão em 2.817 milímetros por segundo.

Ver comentários