Notícia

E-mail que promete mil vagas de emprego em Colatina é falso

Conteúdo informava que duas empresas chinesas se instalariam na cidade; prefeitura vai registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil

Carteira de Trabalho

A notícia parecia maravilhosa: duas indústrias chinesas chegariam à cidade de Colatina, no Noroeste do Estado, criando cerca de mil vagas de emprego. Porém, o e-mail enviado para diversos jornalistas, em nome da própria prefeitura da cidade, às 9h53 desta terça-feira (16), era falso. A administração municipal desmentiu o conteúdo por volta das 15h.

A estrutura do e-mail era semelhante à usada pelo município e continha falas fictícias de dois secretários (Kátia Caliari de Souza, de Desenvolvimento Econômico; e Daniel Dadalto Schultz, de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente) e do próprio prefeito, Sérgio Meneguelli (PSDB). Além de ser assinado por nomes da Secretária de Comunicação.

Entre as principais divergências em relação aos conteúdos oficiais enviados quase que diariamente à imprensa, havia dois detalhes: uma letra extra no endereço de e-mail do remetente e a ausência de uma espécie de assinatura digital, que contém o site, a rede social e dois telefones oficiais da Prefeitura de Colatina.

Ficamos surpresos pela criatividade de alguém usar o mesmo e-mail acrescentando apenas um A no final. Bem como em ver que a pessoa perdeu o tempo dela fazendo isso e usando os nomes dos nossos profissionais. Agora, vamos torcer para que ninguém faça reprodução desse conteúdo
Secretário de Comunicação, José Paulo da Costa

De acordo com o secretário, as fotos anexas, que não conseguiam ser abertas em qualquer computador, tinha conteúdo obsceno. Na tentativa de obter respostas sobre quem seria o responsável pelo conteúdo falso, a Prefeitura afirmou que reunirá todas as informações e confeccionará um Boletim de Ocorrência, junto à Polícia Civil, durante esta quarta-feira (17).

Leia também

“Não temos desconfiança de ninguém. Sabemos apenas que não foi alguém da comunicação, e tampouco da Prefeitura, porque o e-mail não saiu do nosso IP. Amanhã, vamos pessoalmente à delegacia, realizaremos o registro e aguardaremos o que as autoridades vão concluir e dizer sobre o caso”, esclareceu José Paulo da Costa.

FALSA PROMESSA

No e-mail, o prefeito de Colatina teria se reunido nessa segunda-feira (15) com um grupo de investidores chineses, que tinha interesse em trazer duas indústrias para a cidade: a Chinalco, que atua na área de metais; e a Xingye, que pertence ao mercado têxtil. Juntas, elas gerariam inicialmente mil empregos diretos.

O texto falso trazia ainda detalhes como os possíveis locais em que as empresas se alocariam, a pretensão de parcerias com companhias locais e a previsão de benefícios das respectivas instalações a longo prazo para a cidade e a região, como a criação de cerca de três mil postos de trabalho, diretos e indiretos.

Ver comentários