Notícia

Passageiro que morreu em avião em Vitória já foi pastor em Aracruz

O velório de José Roberto Mateu acontecerá no cemitério Jardim da Paz a partir das 20h desta sexta-feira (28)

José Roberto Mateu dentro de aeronave com destino ao Rio de Janeiro para visitar a filha. Ele morreu quando retornava a Vitória
José Roberto Mateu dentro de aeronave com destino ao Rio de Janeiro para visitar a filha. Ele morreu quando retornava a Vitória
Foto: Arquivo da família

O passageiro que morreu no desembarque do Aeroporto de Vitória nesta quinta-feira (27), já foi pastor da Igreja Assembleia de Deus, em Aracruz, no Norte do Estado. José Roberto Mateu voltava do Rio de Janeiro, onde foi visitar uma filha. A família ainda não sabe qual foi a causa da morte, mas acredita que ele tenha sofrido um infarto.

Ao Gazeta Online, Acsa de Jesus Martin, uma das filhas de José Roberto, contou que o pai, que morava em Vila Velha, esteve na casa dela, na Serra, dois dias antes de viajar para o Rio de Janeiro e que ainda não sabe o que causou a morte do pastor. "Não entendi se ele já estava passando mal ou se encontraram ele morto no avião, se estava dormindo e quando foram acordá-lo já estava morto".

Acsa está grávida de oito meses e conta que toda a família está em choque com a notícia: “Estamos muito abalados com a morte do meu pai”, lamenta. Segundo ela, o pai já tratava havia alguns anos um problema no coração, sem citar qual. A informação também foi afirmada pelo amigo e advogado da família, Igor Emanuel da Silva Gomes, que disse que José Roberto já passou por procedimentos cirúrgicos.

José Roberto estava na casa da filha Sarah Araújo no Rio de Janeiro. À reportagem, ela disse que deixou o pai no aeroporto. "Antes dele ir paro aeroporto, eu peguei um papel e coloquei meu número, falei pra ele que se acontecesse algo era pra ele mandar alguém me ligar. Alguém do aeroporto achou o papel com meu número e me ligou por volta de 0h30".

Sarah veio ao Espírito Santo para acompanhar o velório do pai. O enterro de José Roberto será às 9h da manhã deste sábado (29), no cemitério Jardim da Paz, na Serra. Ele deixa três filhos - Acsa, Sara e Zaqueu.

ENTENDA O CASO

José Roberto Mateu, de 61 anos, morreu após passar mal dentro de uma aeronave que pousou no Aeroporto de Vitória na noite desta quinta-feira (27). Segundo a Polícia Civil, ele estava caído entre as poltronas e foi prontamente atendido pela equipe médica do aeroporto, mas acabou falecendo.

A informação foi confirmada pela Azul e pela Infraero que explicou que por volta das 17h30 a tripulação da Azul fez o acionamento para a equipe médica prestar atendimento ao passageiro que se sentiu mal. "Infraero prestou o primeiro atendimento e os médicos chegaram a pedir o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas o passageiro não resistiu. A causa da morte não foi informada", explicou. José Roberto não tinha sinais de violência.

 

 

Ver comentários