Notícia

Motociclista morre ao ser atropelado por ônibus em São Mateus

Homem tinha 37 anos e bateu na lateral do coletivo na tarde deste domingo (28), caiu da moto e acabou atropelado. Ele morreu na hora. Depois da colisão, o motorista do ônibus fugiu e se entregou na PM de Pinheiros

Ocorrência foi registrada na Delegacia de São Mateus
Ocorrência foi registrada na Delegacia de São Mateus
Foto: Reprodução

Um homem de 37 anos morreu atropelado após bater de motocicleta em um ônibus na Rodovia ES 313, no distrito de Itauninhas, em São Mateus, região Norte do Estado. O acidente aconteceu na tarde deste domingo (28), por volta de 15 horas. Depois da colisão, o motorista do coletivo deixou o local, mas foi encontrado pela polícia em Pinheiros e acabou levado à delegacia.

> Motociclista morre após bater contra muro em Guarapari

Segundo a Polícia Militar, testemunhas não souberam especificar a dinâmica do acidente, apenas contaram que a vítima bateu na lateral do ônibus e, depois, o condutor do coletivo foi em direção a Pinheiros, temendo alguma represália.

Uma parente disse aos policiais que a vítima vinha do distrito de Santa Maria e teria ingerido bebida alcoólica pela manhã. A perícia foi acionada e o corpo foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Linhares.

O ACIDENTE

Em seguida, os militares entraram em contato com a Companhia da PM em Pinheiros, que confirmou que o motorista do ônibus estava no local. Ele explicou que seguia na ES 313, sentido Sayonara-Pinheiros, quando uma moto que trafegava em sua frente freou de forma inesperada, sem sinalizar, e ele tentou desviar o coletivo

No entanto, ao fazer a manobra, ele percebeu que o motociclista não conseguia se equilibrar no veículo e caiu, batendo na lateral do ônibus, e o veículo passou por cima da moto. Quando o motorista desceu do coletivo, percebeu que havia atropelado a vítima.

Aos policiais, o suspeito disse ainda que ficou no local por cerca de 30 minutos e se formou uma aglomeração de pessoas. Temendo por sua integridade física, ele teria aceitado a sugestão de um conhecido, que o orientou a se apresentar na Companhia da PM em Pinheiros. O condutor deixou o coletivo no local do acidente e seguiu para outra cidade.

POLÍCIA CIVIL

O homem foi levado para a 18ª Delegacia Regional de São Mateus. A Polícia Civil informou, em nota, que o conduzido foi ouvido e liberado, por que não havia elementos que pudessem ser lavrado um flagrante. O procedimento foi encaminhado para a Delegacia de Infrações Penais e Outros (Dipo) de São Mateus, para apuração dos fatos.

 

 

Ver comentários