Notícia

Ônibus com pacientes de Vila Pavão cai em barranco em Nova Venécia

Parede de uma casa segurou o veículo que voltava de Vitória; três pessoas ficaram levemente feridas

Ônibus com pacientes da rede pública de saúde de Vila Pavão se envolve em acidente no centro de Nova Venécia
Ônibus com pacientes da rede pública de saúde de Vila Pavão se envolve em acidente no centro de Nova Venécia
Foto: Internauta

Por pouco não foi uma tragédia. Um ônibus com 40 pacientes da rede pública de saúde de Vila Pavão, no Noroeste do Estado, se envolveu em um acidente na madrugada desta terça-feira (2). Em uma rua do Centro da cidade vizinha de Nova Venécia. O motorista perdeu o controle do veículo, que bateu em uma casa e caiu em um barranco.

Apesar do susto, apenas três pessoas ficaram levemente feridas. Outras cinco também foram levadas a um hospital particular de Nova Venécia, com queixas de dor ou pressão alta. Segundo assessoria da Prefeitura de Vila Pavão, um poste colaborou para que o veículo não tombasse na descida da ribanceira. “Se não fosse isso, poderíamos ter registrado mortes”.

Leia também

Secretário de Saúde de Vila Pavão, Cláudio da Cruz de Oliveira foi acionado por uma funcionária que estava no ônibus logo após o acidente. “Ela me ligou chorando, à 00h20. Em seguida, acionei dois motoristas nossos e fomos até o local com um micro-ônibus e uma van para buscar todos os envolvidos”, contou.

De acordo com ele, o serviço de transporte dos pacientes é feito três vezes por semana: todas as segundas, quartas e sextas-feiras. O ônibus sai à 00h30 e volta após o fim da última consulta marcada. No dia do acidente, teria havido um atraso no atendimento. Entre os passageiros havia idosos e crianças.

“DEU BRANCO”

Em entrevista ao Gazeta Online, o motorista que dirigia o ônibus contou como aconteceu o acidente. “Era uma subida e uma curva bem leves. Estava no máximo à 20 km/h. Não estava com sono, não dormi e não havia bebido; mas, não sei explicar, na hora que vi o que estava acontecendo, simplesmente, me deu branco. Nunca quis colocar a vida de ninguém em risco”.

Também por telefone, o proprietário da Viação Centroeste Turismo garantiu que os ônibus passam por manutenções frequentes e que o próprio motorista, horas depois do acidente, afirmou que a falha teria sido apenas humana. O veículo já está sendo consertado e o motorista deve ser transferido momentaneamente para o setor de pintura da empresa.

Ver comentários