Notícia

Acusado de matar jovem na saída de boate é preso em Linhares

Giovani Alvarenga Pereira Júnior, 21 anos, tinha a intenção de fugir para Rondônia

Giovani foi preso tentando fugir para Rondônia
Giovani foi preso tentando fugir para Rondônia
Foto: Internauta

Um jovem acusado de matar um rapaz na frente de uma boate em Linhares foi preso na tarde desta quarta-feira (06). Após denúncias anônimas, a Força Tática da PM foi até o km 15, na estrada que liga Rio Bananal a Linhares, na zona rural do município, onde prendeu Giovani Alvarenga Pereira Júnior, 21 anos.

Ele é o acusado de matar Pedro Henrique Gonçalves. O crime aconteceu no último domingo (03), no Centro de Linhares.

De acordo com a polícia, o acusado estaria vindo de Rio Bananal com destino a Linhares, em um veículo corsa, de cor preta, para embarcar na rodoviária, pegar um ônibus e fugir para o Estado de Rondônia.

O veículo foi abordado nas proximidades da localidade conhecida como Chapadão do 15. Dentro do carro estavam o acusado do homicídio, que confessou o crime, a mãe dele, 40 anos, e o condutor do veículo, um homem de 39 anos, que faziam o transporte do acusado.

Giovani disse que a arma utilizada no crime foi entregue para uma pessoa de nome Leonardo. Giovani, que tinha um mandado de prisão em aberto, foi conduzido a 16º delegacia de Linhares junto com a mãe e o motorista do veículo.

VÍTIMA MORREU NA MANHÃ DESTA TERÇA

Jovem foi baleado ao sair de boate no Centro de Linhares
Jovem foi baleado ao sair de boate no Centro de Linhares
Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Morreu na manhã desta terça-feira (5), por volta das 10 horas, o jovem que foi baleado após sair de uma boate no Centro de Linhares, Norte do Estado. Pedro Henrique Gonçalves Gomes, 18 anos, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Rio Doce. 

O crime aconteceu na madrugada de domingo (3). No momento em que Pedro Henrique entrava no carro de um conhecido, a quem tinha pedido carona no final da festa, Giovani apareceu e fez vários disparos contra o veículo, atingindo a vítima na cabeça.

A informação foi passada pela testemunha à Polícia Militar. No momento dos tiros, o conhecido da vítima acelerou o veículo e seguiu para o Hospital Rio Doce. De acordo com o boletim policial, a vítima deu entrada em estado grave, inconsciente.

Ver comentários