Notícia

Mais de 50 aparelhos de som são apreendidos durante o carnaval

De acordo com a PM não foram registrados crimes violentos no Litoral Sul

Os aparelhos apreendidos permanecem à disposição da Secretaria de Meio Ambiente
Os aparelhos apreendidos permanecem à disposição da Secretaria de Meio Ambiente
Foto: Divulgação/Polícia Militar

Mais de 50 aparelhos de som foram apreendidos nos dois primeiros dias de carnaval, somente em Piúma e Anchieta, no Litoral Sul. A festa é sendo considerada tranquila, pois crimes violentos não foram registrados até o momento.

O Major Riodo Rubim, comandante da PM, disse que foram apreendidas cinco armas, quatro a mais do que no ano passado e ainda pequenas quantidades de drogas com usuários. “O balanço é positivo principalmente nos crimes contra o patrimônio que diminuíram bastante e teve um aumento na apreensão de arma de fogo e entorpecentes comparado ao ano passado”, disse.

Em relação à apreensão de aparelhos de som, as ações de fiscalização devem continuar. “Era da cultura aqui da cidade essa questão do som em via pública, mas nós, desde o ano passado, intensificamos a fiscalização em parceria com o município”, finalizou.

Em Marataízes, Itapemirim e Presidente Kennedy, de acordo com a PM, as festividades também têm sido tranquilas, sem registro de crimes violentos.

Os aparelhos de som apreendidos em Piúma estão à disposição da Secretaria de Meio Ambiente.

Bebê de um mês abandonado

O bebê foi levado para a casa de acolhimento
O bebê foi levado para a casa de acolhimento
Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um bebê de apenas um mês foi abandonado pela vó no último sábado em Piúma, no Litoral Sul Ele estava dentro de um carrinho de bebê e foi deixado próximo a uma banca que vende milho.

O bebê estava sendo cuidado pela avó, pois a mãe está presa. Ela alegou que não tem condições de cuidar da criança, pois o companheiro não queria. Dentro do carrinho, ela ainda deixou uma bolsa com documentos e roupas do bebê. Tudo foi entregue para o Conselho Tutelar.

A criança foi entregue para o Conselho Tutelar e levada para a Casa de Acolhimento do município. A Polícia Civil vai investigar o caso. Até o momento ninguém foi preso.

Ver comentários