Notícia

Bandidos fazem arrastão, sobem morro e apanham de traficantes no ES

Três homens saquearam oito passageiros do coletivo quando ele passava pela Avenida Vitória. Depois, fugiram para o Morro da Garrafa, onde foram perseguidos e apanharam

Foto: Oliveira Alves | TV Gazeta

Oito passageiros foram assaltados durante um arrastão em um ônibus, no início da tarde de ontem, na altura da Praia do Suá, em Vitória. Na fuga, os três bandidos subiram com os pertences das vítimas em direção ao Morro da Garrafa, onde foram agredidos por supostos traficantes. Dois deles foram detidos e socorridos para o Hospital São Lucas. O terceiro conseguiu fugir e não foi localizado.

Os passageiros contaram à polícia que os três rapazes entraram no ônibus na Avenida Vitória, no ponto próximo à Escola Municipal de Ensino Fundamental Aristóbulo Barbosa Leão, em Bento Ferreira.

Leia também

Um deles ficou na parte da frente do coletivo, junto ao motorista, enquanto os outros dois pularam a roleta e seguiram para a parte de trás do veículo. Depois de alguns minutos, os dois sinalizaram para o comparsa, que estava com uma faca e anunciou o assalto.

“Um dos que estavam atrás pediu para todos os passageiros passarem os pertences, que foram colocados em uma mochila”, contou uma estudante, que preferiu não se identificar.

De acordo com a vítima, os três aparentavam bastante nervosismo, mas avisaram que queriam apenas os objetos.

“Mesmo assim senti medo, uma sensação de pânico. A gente acorda cedo para trabalhar e não sabe se vai conseguir voltar para casa com vida. Falaram que queriam só roubar, mas a faca era grande”, desabafou a estudante.

Quando o ônibus passava perto do Morro da Garrafa, ainda na Praia do Suá, um dos assaltantes exigiu que o motorista abrisse as portas do veículo, e os três fugiram em direção ao morro.

Logo em seguida, dois passageiros decidiram sair atrás dos criminosos, mas encontraram um micro-ônibus da Polícia Militar e avisaram do assalto.

“Os soldados foram atrás, mas dois deles já estavam descendo o morro ensanguentados, porque haviam sido espancados por traficantes, que não admitiram o roubo”, contou um universitário que também foi rendido no ônibus.

Ainda de acordo com o rapaz, os próprios criminosos pediram aos moradores do local que buscassem os pertences roubados. Foram recuperados objetos de seis, das oito vítimas. Os dois bandidos capturados estavam muito machucados, foram socorridos e encaminhados ao Hospital São Lucas, onde receberam atendimento com escolta policial.

Ver comentários