Notícia

"Achei que fosse morrer", diz mulher feita refém em Cariacica

A mulher foi feita refém nesta segunda-feira (25), durante um assalto a uma agência dos Correios, localizada em Avenida Expedito Garcia, em Cariacica

Agência dos Correios que sofreu assalto em Cariacica
Agência dos Correios que sofreu assalto em Cariacica
Foto: Fernando Madeira

"Pensei que ia me matar". Esse foi o desabafo de uma mulher que passou por momentos de tensão no início da tarde desta segunda-feira (25), durante um assalto a uma agência dos Correios, na Avenida Expedito Garcia, em Cariacica. Ela foi ao local para fazer um CPF e foi feita refém por um dos criminosos. 

Em entrevista ao Gazeta Online, a vítima contou que um dos criminosos entrou no local e mandou as pessoas deitarem no chão. A mulher disse que o bandido foi direto para a área restrita, com uma mochila em mãos, e ordenou que um funcionário colocasse o dinheiro na bolsa.

Leia também

Assustada, a vítima se escondeu atrás de uma bancada. Ao sair do local, o bandido viu que ela estava próxima à porta e disse: "você vem comigo, abre a porta". Na fuga, o criminoso pegou a jovem pelo cabelo e saiu a arrastando para fora da agência. "Eu pensei que ia me matar. Só pedia a Deus pra passar logo".

Após perceber a presença da polícia, o bandido soltou a vítima para atirar em direção aos militares. Ela correu para dentro de uma loja da região e foi amparada por policiais. "Foram muitos tiros", disse. O bandido foi baleado e encaminhado ao Hospital São Lucas.

O CASO

Um assalto a uma agência dos Correios terminou com um bandido baleado durante uma troca de tiros com policiais militares. Por volta de 12h15, dois assaltantes armados invadiram a agência e fizeram clientes e funcionários reféns. Segundo informações apuradas pela reportagem do Gazeta Online, uma das funcionárias da agência, ao se aproximar do estabelecimento, viu as pessoas deitadas, notou a movimentação e foi até uma loja para pedir que ligassem para a Polícia Militar.

> Veja mais matérias de Polícia 

Em minutos, os policiais militares chegaram e montaram um cerco em torno da agência. Houve troca de tiros entre policiais e bandidos.

Na fuga, um dos criminoso seguiu em direção à BR 262 fazendo uma cliente refém. O criminoso liberou a mulher e entrou em uma loja localizada a cerca de 300 metros do local. O assaltante foi baleado e preso pelos PMs. Ele foi para o PA de Alto Lage, no mesmo município, e, depois, transferido ao Hospital São Lucas, em Vitória. Na perseguição, o outro assaltante que ainda estava dentro da agência conseguiu fugir.

"OUVI DE 5 A 6 TIROS"

Uma comerciante que tem uma loja perto da agência dos Correios disse que escutou de 5 a 6 tiros no momento em que os criminosos tentavam escapar da polícia. Segundo a comerciante, a ação dos criminosos não deu certo porque uma das funcionárias da agência estranhou a movimentação no local

"Uma funcionária (dos Correios) foi entrando na porta e percebeu as pessoas deitadas no chão. Aí ela entrou aqui na loja pedindo para ligar para o Ciodes", contou a comerciante.

VÍDEO MOSTRA BANDIDO SAINDO COM REFÉM

Imagens registradas por testemunhas mostram o momento em que um dos bandidos responsáveis pelo assalto à agência dos Correios da Avenida Expedito Garcia, em Campo Grande, Cariacica, corre com uma refém pelo meio da rua — muito movimentada no horário do crime. A ação aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (25), por volta das 12h15, e deixou assustados os moradores que passavam pelo local.

O vídeo cedido à reportagem mostra o criminoso de roupa escura saindo às pressas da agência com uma refém, cliente da agência, e a obriga a correr até uma esquina com a BR 262. 

VEJA VÍDEO

Logo depois, o bandido abandona a refém e foge em direção à rodovia.  No final do vídeo é possível ver a refém chorando e sendo socorrida.

Outra gravação mostra o momento em que há uma troca de tiros. O bandido que fez a cliente refém foi baleado.

ASSISTA

Ver comentários