Notícia

Que fim levou o caso do diplomata espanhol acusado de matar a esposa?

Jesús Figón agora vive na Espanha e aguarda julgamento em liberdade. Cabeleireira foi morta em 2015, dentro do apartamento onde morava

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários