Notícia

Empresário investigado por estelionato é preso em Vitória

Segundo a Polícia Civil, o investigado usava o local de trabalho, em Jardim Camburi, para cometer os crimes

Ayres Francisco dos Santos usava o próprio estabelecimento para cometer crimes
Ayres Francisco dos Santos usava o próprio estabelecimento para cometer crimes
Foto: Divulgação

Um empresário investigado por estelionato foi preso nesta segunda-feira (6), em Jardim Camburi, Vitória. De acordo com informações da Delegacia Especializada em Crimes de Defraudações e Falsificações (Defa), Ayres Francisco dos Santos, 39 anos, usava o próprio estabelecimento na capital capixaba para cometer crimes de falsificação de documento público, inserção de dados falsos em sistema além de ameaça.

A titular da Defa, a delegada Rhaiana Bremenkamp, informou que, primeiro, o golpe era praticado pelo empresário utilizando a oficina mecânica de propriedade dele. "Ele angariava clientes e, a partir do momento que esses carros eram consertados, demorava de seis meses a um ano para estes veículos ficarem prontos. A vítima desistia e acabava vendendo para o acusado", explicou Rhaiana.

 

 

A delegada disse que o empresário nunca pagou por esses carros e as vítimas começaram a entrar na Justiça Cível. Cerca de 11 vítimas fizeram denúncias. A partir do momento em que ele começou a ser investigado, o empresário começou a cometer crimes de ameaça, falsificação de documentos e inserção de dados falsos no sistema do Detran-ES.

Leia também

Embora o empresário tenha sido preso nesta segunda-feira (6), policiais já tinham cumprido um mandado de busca e apreensão na oficina, onde foram encontrados diversos contratos de compra e venda de veículos e até algumas notificações das vítimas em questão.

"Mesmo sabendo que estava sendo investigado, ele cometeu outros crimes. Falsificou documentos públicos e selos de cartório", disse a delegada.

O empresário foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana e vai responder por estelionato, falsificação de documentos públicos e inserção de dados falsos no Sistema do Detran-ES.

VEJA VÍDEO

Gravação mostra o momento em que o empresário é colocado na viatura da Polícia Civil para ser encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

 

 

A delegada Rhaiana Bremenkamp acredita que existam mais vítimas. A investigação sobre o caso vai continuar com o intuito de descobrir se o empresário contava com ajuda de outra pessoa para a prática dos crimes.

Ver comentários