Notícia

Marido é preso dois anos após esfaquear a esposa grávida no ES

A mulher perdeu o bebê devido à violência; ela foi golpeada com faca na barriga e pulmão

O criminoso procurado há dois anos por ter esfaqueado a esposa grávida, que perdeu o bebê devido à violência, foi preso dentro de um condomínio residencial, em Jabaeté, Vila Velha.

A prisão foi realizada durante uma operação organizada pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) na última quarta-feira, juntamente com apoio de policiais militares da 13 ª Companhia Independente da Polícia Militar e do reforço aéreo do Notaer.

VEJA VÍDEO


Segundo a delegada da Deam, Ana Karolina Marques, o crime aconteceu em 2016. “O acusado agrediu a esposa, com quem convivia há seis anos, e durante as agressões ainda usou uma faca para tentar matá-la. O laudo do hospital comprovou duas facadas, uma no pulmão e outra na barriga”, detalhou a delegada.

O motivo da briga foi porque a esposa cobrou do marido que comprasse alimentos para os dois filhos que o casal já possuía. A vítima, hoje também com 30 anos, estava no sexto mês de gravidez. No dia do crime, que ocorreu em Viana, a mulher foi socorrida para um hospital e o marido fugiu. Ela permaneceu 18 dias internada e o perdeu o bebê.

Leia também

Há um mês a polícia concluiu o inquérito e, a pedido da delegada, a Justiça expediu mandando de prisão temporária contra o marido pelo crime de tentativa de homicídio. “As testemunhas tinham medo dele e, por isso, não queriam testemunhar. A vítima não mora mais no Espírito Santo pelo mesmo motivo”, explicou a delegada.

Contra o acusado, há outros três acusações de violência doméstica contra a esposa, em 2012, 2013 e 2014. Os casos também foram encerrados e encaminhados para a

O criminoso foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

Ver comentários