Notícia

Bicicleta de R$ 42,6 mil furtada era anunciada por R$ 1 mil no ES

Mountain bike estava sendo anunciada em site de classificados. Dono viu e acionou a Polícia

Foto: Siumara Gonçalves

Imagina pagar R$ 1 mil por uma mountain bike e um GPS que custam, no total, R$ 42,6 mil. A bicicleta e  equipamento eletrônico foram furtados há dois meses em Aracruz, no Norte do Estado, e o homem que comprou os produtos foi preso em flagrante, em Cariacica, após ter anunciado um dos itens em um site de vendas na internet.

Em agosto, Ivanildo Fombri, 32 anos, comprou na feira de Aribiri, em Vila Velha, a bicicleta e o GPS. Pagou à vista e em dinheiro e, segundo o depoimento que prestou à polícia, ele não sabia o nome ou o telefone do vendedor.

De acordo com o delegado de plantão da Regional de Cariacica, Augusto Marques Giorno, a bicicleta havia sido furtada em Aracruz durante a invasão a um apartamento e, desde então, o dono procurava por ela. A Delegacia Regional de Aracruz realizou a investigação do furto e, por meio de uma postagem em um site de vendas pela internet, conseguiu chegar ao sobrinho de Ivanildo.

Leia também

Em depoimento à polícia, o acusado disse que havia baixado um aplicativo no celular para vender o aparelho de GPS que veio junto com a bicicleta, mas como a conta do navegador era a do sobrinho, acabou criando a conta no nome do rapaz sem querer.

Depois de contactar o rapaz, a polícia chegou até o endereço de Ivanildo, onde encontrou a bicicleta escondida em um matagal de um terreno ao lado da casa do suspeito, na última sexta-feira (14), em Vila Prudêncio, Cariacica.

Segundo o delegado de plantão, pelas circunstâncias em que se deu o flagrante, entende-se que Ivanildo tinha conhecimento de que a bicicleta era fruto de crime e, por isso, responderá por receptação. Além disso, Ivanildo tem um mandado de prisão em aberto por uma tentativa de homicídio. Ele foi encaminhado para a Penitenciária de Viana. O sobrinho foi ouvido e liberado. Os autores do furto estão sendo investigados pela polícia de Aracruz.

PROCURA ON-LINE

Na manhã deste domingo (16), na porta da Delegacia Regional de Cariacica, o proprietário da bicicleta contou à reportagem que o furto ocorreu em seu apartamento no bairro Segotto, em Aracruz, há cerca de dois meses. "Eles também levaram outras coisas como eletrônicos e invadiram mais de duas residências do meu prédio", disse o engenheiro mecânico, de 47 anos, que preferiu não se identificar.

Segundo ele, a bicicleta tinha apenas quatro meses de uso e, após ter sido levada, avisou aos amigos nas redes sociais e ficou vigiando os sites de venda para tentar encontrar algo.

"Um amigo meu viu minha bicicleta sendo anunciada em um desses sites e depois o anúncio foi retirado. No início da semana ele viu que o GPS havia sido anunciado. Contei para a polícia que aquele equipamento era meu e tinha sido furtado. Foi assim que eles conseguiram chegar a quem estava anunciando", relatou.

Um dos detalhes que chamou sua atenção foi o fato de que a bicicleta mudou de cor. "Ela era laranja e agora está branca. Mas é muito bom ter um bem recuperado, um alívio. Pelo tempo que ela estava sumida já tinha perdido as esperanças de recuperá-la", comentou.

 

 

 

 

Ver comentários