Notícia

Homem é morto com 19 tiros em bar de Vila Velha

Maxwuel era casado e deixa três filhos

O auxiliar de perfuração de poços artesianos Maxwuel Martins da Silva, 34 anos, foi morto com 19 tiros no interior do estabelecimento
O auxiliar de perfuração de poços artesianos Maxwuel Martins da Silva, 34 anos, foi morto com 19 tiros no interior do estabelecimento
Foto: Reprodução

Um bar lotado de clientes foi o cenário de uma execução, na noite deste sábado (8), em Alecrim, Vila Velha. O auxiliar de perfuração de poços artesianos Maxwuel Martins da Silva, 34 anos, foi morto com 19 tiros no interior do estabelecimento.

O crime aconteceu por volta das 20h na Rua Floresta. Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), dois homens chegaram ao bar e abordaram Maxwuel que jogava sinuca.

A vítima foi levada para dentro do bar e executado. Os bandidos fugiram sem deixar pistas.

De acordo com o cunhado de Maxwuel, o rapaz era usuário de drogas. "Ele estava trabalhando atualmente e por isso acreditávamos que estava tudo bem. Mas hoje vejo que quem tem envolvimento com drogas, infelizmente está sujeito a isso. Maxwuel era uma pessoa muito querida e apegado à família. Pai de três criança e que convivia muito bem com todos nós", detalhou.

Havia três anos que Maxwuel tinha sido preso. Ele permaneceu ano detido e desde que conseguiu a liberdade estava trabalhando. Ele era casado e tinha três filhos.

A autoria e motivação do crime serão investigadas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.

Ver comentários