Notícia

Homem que ateou fogo na ex-mulher é indiciado pela Polícia Civil

André Luiz dos Santos, 39 anos, continua preso no Centro de Triagem de Viana, desde o dia 12, após apresentar-se à polícia

André Luiz dos Santos ateou fogo na ex-mulher, uma diarista de 36 anos
André Luiz dos Santos ateou fogo na ex-mulher, uma diarista de 36 anos
Foto: Divulgação | Polícia Civil

A Delegacia Especializada de Homicídio Contra a Mulher, concluiu o inquérito que investigava a tentativa de homicídio contra a diarista Marciane Pereira dos Santos, 36 anos, que teve o corpo queimado pelo ex-marido, no dia 08 deste mês, em Jardim Tropical, na Serra. Ela segue internada em estado grave, no Hospital Jayme dos Santos Neves, e deve ter a perna esquerda amputada em decorrência do ataque.

Leia também

O ex-marido, André Luiz dos Santos, 39 anos, foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado por meio cruel, feminicídio e por impossibilitar a defesa da vítima, além de responder também por furto, já que furtou uma botija de gás da vítima, antes de tentar matá-la.

Ele continua preso no Centro de Triagem de Viana, desde o dia 12, após apresentar-se à polícia. Em depoimento, André justifica que tentou matar a ex pois estava com raiva dela.

“Ele descobriu que a Marciane estava em um outro relacionamento e decidiu agir desta forma. Porém, os dois estavam separados. Só que ele não aceitava essa condição”, diz o delegado Janderson Lube.

André é cadeirante e conseguiu fugir do local logo após o crime. À polícia, ele contou que ficou vagando pelos terminais de ônibus da Grande Vitória.

“Ele aproveitando-se, primeiro, de um foco dos moradores de conhecer a vítima. E também de ser conhecedor da região, morador antigo do bairro. Segundo ele, depois da fuga, ele pegou um ônibus e começou a transitar entre os terminais da Grande Vitória”, explicou o delegado.

Marciane - diarista queimada pelo ex na Serra
Marciane - diarista queimada pelo ex na Serra
Foto: Arquivo Pessoal

CASO

A diarista Marciane teve 40,5% do corpo queimado pelo ex-marido, por volta das 23 horas do dia 08. De acordo com a polícia, André Luiz utilizou tiner e diesel para atear fogo na ex-mulher.

Marciane teve queimaduras de terceiro grau no peito, nos dois braços e em todo o rosto. Testemunhas contaram que a vítima tinha saído de casa para ir até uma vizinha fazer sopa para os dois filhos. André tinha tirado o botijão da casa da ex.

Quando a diarista voltou, André Luiz fechou o portão de acesso à casa, impedindo que a vítima entrasse. Nesse momento, ele jogou os líquidos inflamáveis e ateou fogo na ex-mulher.

“Ele planejou de forma até a impossibilitar a defesa da vítima”, ressalta Janderson Lube.

Ver comentários