Notícia

Família descobre morte de adolescente por meio de Whatsapp no ES

Kevin Almeida da Silva, de 15 anos, foi morto durante um suposto confronto com a Polícia Militar,

Foto: Arquivo Pessoal

Como se não bastasse perder um familiar, parentes do adolescente Kevin Almeida da Silva, de 15 anos, souberam da morte dele ao receberem uma foto do garoto morto via Whatsapp.

“Estava circulando em grupos de mensagens até que chegou em um que eu estava. Vi que era meu irmão”, conta uma irmã do garoto, ainda desorientada com a morte do irmão.

O adolescente morreu com doze perfurações pelo corpo, segundo informação da Polícia Civil, durante um suposto confronto com a Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira (9), na Rua Vitória, no bairro Central Carapina, na Serra.

Leia também

A Polícia Militar disse que, durante patrulhamento, a equipe escutou disparos de arma de fogo. Ao entrarem na Avenida Vitória, eles se depararam com três indivíduos armados e que atiraram contra os policiais. Os PMs revidaram.

Um dos indivíduos, que seria Kevin, caiu e, mesmo assim, continuou a realizar disparos, enquanto os outros dois fugiram em direção ao interior do bairro com armas em punho, segundo nota da corporação. Os suspeitos teriam saído correndo e atirando. Eles afirmam que um revólver calibre 38 foi retirado da mão de Kevin, que foi socorrido ferido pelos policiais e morreu no hospital.

O revólver 38 e mais uma arma encontrada nas proximidades foram entregues no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O caso está sendo apurado pela Polícia Civil.

Ver comentários