Notícia

Cobradora é atropelada e morta na BR 101 na Serra

Vítima voltava do trabalho quando foi morta. Motorista que causou o acidente fugiu sem prestar socorro à vítima

Brenda mostra foto da mãe, Marília de Fátima Alves  de Oliveira
Brenda mostra foto da mãe, Marília de Fátima Alves de Oliveira
Foto: Siumara Gonçalves

Uma mulher de 52 anos faleceu na manhã deste domingo (11) na Serra vítima de um atropelamento na BR 101. A vítima trabalhava como cobradora de ônibus e estava voltando para casa quando tudo aconteceu.

O atropelamento ocorreu por volta das 00h40, em Carapina. Marília de Fátima Alves de Oliveira, trabalhava há três anos como cobradora estava voltando do trabalho para casa. De acordo com a família da vítima, o motorista que a atropelou não prestou socorro e fugiu.

Marília foi socorrida por uma ambulância e morreu por volta das 7 horas, no Hospital Jayme dos Santos Neves, em decorrência das fraturas internas causadas pelo atropelamento.

Segundo a filha, Brenda Lorrane Oliveira Nascimento, 20 anos, a bolsa da mãe dela também foi levada e o ocorrido é revoltante. "A gente quer ter notícias sobre o que aconteceu com a minha mãe. Minha tia me ligou hoje pela manhã e me contou o que tinha acontecido. Quando cheguei no hospital ela já tinha falecido. Queremos saber quem fez isso e porque não socorreu", relatou.

Ver comentários