Notícia

Dupla que assaltou mãe com bebê no colo em Vila Velha é de classe média

Segundo o delegado que investiga o caso, Bruno é universitário de Engenharia Mecânica; Johnatan é comerciante

À esquerda, Jhonatam Gomes Lopes, de 21 anos; à direita, Bruno Gomide Acosta, de 22 anos
À esquerda, Jhonatam Gomes Lopes, de 21 anos; à direita, Bruno Gomide Acosta, de 22 anos
Foto: Divulgação

Os dois bandidos que foram presos nesta quarta-feira (31) acusados de roubar o carro e os pertences de uma representante comercial de 34 anos, que estava com um bebê de um ano na hora do assalto, são de classe média e residiam em Vila Velha, no Espírito Santo. Agora estão no Centro de Detenção Provisória de Viana, após autuação por crimes de roubo.

Segundo o delegado Ícaro Ruginski, responsável pela Divisão de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV/DEIC), os dois criminosos foram presos por volta das 21 horas desta quarta (31) com todos os pertences da vítima. Bruno Gomide Acosta, de 21 anos, é estudante universitário de engenharia mecânica e seu comparsa, Johnatan Gomes Lopes, de 21 anos, é comerciante.

Ícaro afirmou ainda que os dois são suspeitos de outros crimes de roubo. "Apesar de terem uma boa condição de vida isso não impediu que eles entrassem para o mundo do crime. Isso se dá principalmente para utilizar esse dinheiro para manter o vício e ostentar uma situação social melhor", informou o delegado.

Após o assalto, em uma conversa no aplicativo Whatsapp, Bruno ainda teria se vangloriado com uma amiga dizendo que o dia tinha sido "emocionante". O delegado informou que, após o assalto, um dos bandidos foi tranquilamente para uma festa. "Esse indivíduo, logo após o roubo, foi participar de uma festa. Todavia, a polícia estava atuando com firmeza e, após identificá-los, conseguiram atuar a prisão desses criminosos em flagrante", disse.

Conversa no Whatsapp em que Bruno se vangloria do assalto
Conversa no Whatsapp em que Bruno se vangloria do assalto
Foto: Reprodução

Em depoimento, Bruno e Jhonatam afirmaram que são usuários de drogas e assumiram a prática do crime. Eles foram autuados pelo crime de roubo e vão ficar à disposição da Justiça no Centro de Detenção Provisória de Viana.

CÂMERA DE SEGURANÇA FLAGROU MOMENTO

Ver comentários