Notícia

Policial civil tenta impedir assalto e é baleado por bandidos na Serra

Caso aconteceu na noite desta terça-feira (05) em Colina de Laranjeiras

 Fachada do Hospital Metropolitano
Fachada do Hospital Metropolitano
Foto: Carlos Alberto Silva/arquivo

Um policial civil de 35 anos foi baleado na perna, após tentar impedir um assalto na frente de um condomínio, no bairro Colina de Laranjeiras, na Serra.

O crime aconteceu por volta das 22h desta terça-feira (04) e uma enfermeira, de 38 anos, também foi atingida, de raspão, por um disparo, durante o tiroteio. Segundo informações do Departamento Especializado em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a bala ficou alojada na perna do policial, que está internado no Hospital Metropolitano, em Laranjeiras.

> Dona de casa tem arma apontada para o peito durante assalto em Viana

Em depoimento, ele contou que chegava de carro em casa, após o trabalho e, no momento em que aguardava o portão do condomínio abrir, percebeu que um assalto estava acontecendo.

Dois bandidos, em uma moto Honda CG, abordavam um homem, perto de um ponto de ônibus. O policial civil decidiu agir, saiu do veículo e abordou os assaltantes.

Antes disso, os dois já haviam conseguido tomar um celular, um anel e a carteira da vítima. O agente sacou a arma e exigiu que os dois se rendessem. O bandido que estava na garupa atirou e uma troca de disparos foi iniciada.

Neste momento, a enfermeira saía do prédio e entrava no carro para ir embora. Ela se jogou no banco de trás do veículo e foi atingida no quadril, de raspão.

O policial acabou sendo baleado no joelho direito e caiu no chão, momento em que os criminosos conseguiram fugir na motocicleta. Um metalúrgico de 40 anos, morador do local, ouviu os tiros e acionou a polícia.

“Eu estava em casa, ouvimos tiros e vimos que era na portaria do nosso condomínio. Eu fui até o local justamente por achar que poderia ser alguém conhecido. Quando cheguei vi o policial, meu vizinho, no chão, com a perna sangrando bastante”, afirmou.

A enfermeira foi até o policial e prestou os primeiros socorros. Uma viatura da PM chegou em poucos minutos e o levou para o hospital.

De acordo com informações coletadas no Metropolitano, o policial civil passou por cirurgia no local atingido e estava se recuperando bem, nesta quarta (05) pela manhã.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e nenhum suspeito foi preso até o momento.

Ver comentários