Notícia

Estudantes fingem ser policiais, agridem três e apanham na Praia da Costa

Dois estudantes fingiram ser policiais, abordaram e agrediram três pessoas na Praia da Costa, em Vila Velha, mas acabaram agredidos. Os envolvidos foram detidos pela Polícia Militar.

Ocorrência da confusão foi registrada na Delegacia Regional de Vila Velha
Ocorrência da confusão foi registrada na Delegacia Regional de Vila Velha
Foto: Edson Chagas

Dois estudantes, fingindo ser policiais, abordaram e agrediram três pessoas e foram agredidos em seguida na madrugada deste sábado (9) na Praia da Costa, em Vila Velha. Os estudantes de 18 e 27 anos decidiram se passar por policiais com a intenção de localizar um bandido que teria assaltado um amigo deles na segunda-feira (4).

De acordo com depoimentos prestados à Polícia Civil, os dois passavam em um Celta prata pela rua Mário Almeida, na Praia da Costa, às 4 horas, quando viram três pessoas, sendo um casal de moradores de rua e um operador de máquinas de 27 anos.

Os dois estudantes desceram do veículo e, usando os celulares na cintura, simularam estarem armados. Eles abordaram o trio, ordenaram que todos colocassem as mãos na parede e questionaram sobre o assalto que o amigo teria sofrido há alguns dias na região.

 

> Homem é morto a tiros e duas mulheres ficam feridas em Vila Velha

Como as vítimas não souberam informar nada sobre o fato, os falsos policiais passaram a agredir o casal e o operador de máquinas. Após a agressão, os dois estudantes voltaram para o carro, deram uma volta no quarteirão e voltaram ao local. Novamente, abordaram as vítimas e reiniciaram as perguntas relacionadas ao assalto. Desta vez, as vítimas perceberam que os falsos policiais não estavam armados e começaram a agredir a dupla.

O operador de máquinas contou à polícia que passava na rua quando foi abordado pelos jovens que fingiram ser policiais. Na segunda abordagem, ele notou que os estudantes não estavam armados e decidiu lutar contra eles. Neste momento, o estudante de 18 anos fugiu correndo, avistou uma radiopatrulha da Polícia Militar e denunciou a agressão. À PM, o estudante contou que ele o amigo passavam pelo local quando foram vítimas de uma tentativa de assalto.

Quando a PM chegou no local da briga, o casal de moradores de rua já havia ido embora. O operador de máquinas e o jovem de 18 anos foram levados à 2ª Delegacia Regional de Vila Velha. O outro falso policial, de 27 anos, foi levado a um hospital de Vila Velha com ferimentos na cabeça e depois foi conduzido à delegacia.

À Polícia Civil, os estudantes negaram que foram vítimas de assalto. Eles disseram que se passaram por policiais para descobrir sobre o roubo que um amigo teria sofrido. Eles também negaram a agressão ao casal e ao operador de máquinas. Os falsos policiais foram autuados por lesão corporal e falsa identidade. O operador de máquina foi autuado por lesão corporal. Todos assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados.

Ver comentários