Notícia

Sindiroviários descarta paralisação, mas quer reunião com governo

Sindicato chegou a informar a possibilidade de paralisar a circulação dos ônibus nesta quarta-feira (20) em forma de protesto contra a violência aos coletivos.

Foto: Gazeta Online

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Espírito Santo (Sindirodoviários) descartou uma paralisação como forma de protesto contra a onda de assaltos registrados em ônibus que fazem o transporte coletivo na Grande Vitória. Na manhã desta terça-feira (19), um motorista foi esfaqueado durante um assalto a um Transcol em Nova Rosa da Penha, em Cariacica. O sindicato quer uma reunião com o Governo do Estado para discutir o assunto.

O diretor do Sindirodoviários, Zedequias Inácio da Silva, disse que a diretoria chegou a fazer uma reunião nesta terça-feira para tratar sobre uma paralisação em forma de protesto contra a insegurança pública. Na manhã desta terça, um bandido roubou dinheiro do caixa e até a marmita de um motorista durante assalto a ônibus em Vitória.

"Deliberamos e decidimos não paralisar os serviços. Encaminhamos hoje um ofício à Casa Civil solicitando uma reunião para discutir a falta de segurança no dia a dia dos cobradores, motoristas e passageiros. Nós, que trabalhamos, e a sociedade, que paga a tarifa, merecemos segurança. Vamos aguardar o posicionamento do Governo quanto ao nosso pedido", disse o diretor.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP) informou que até o início da noite desta terça-feira (19), ainda não tinha recebido contato ou pedido de reunião dos representantes do Sindirodoviários. No entanto, a SESP ressaltou que "está sempre de portas abertas para receber a categoria dos trabalhadores, que é de suma importância para a sociedade capixaba."

"A Secretaria possui histórico de diálogo com os motoristas e cobradores e, inclusive, já realizou parcerias com a Polícia Militar e outros órgãos do setor, na busca por mais segurança a quem presta o serviço na Grande Vitória. A Polícia Civil já está investigando os crimes recentes contra essas vítimas e vai prender os responsáveis por esses delitos", finaliza a nota.

PM FEZ MAIS DE MIL OPERAÇÕES EM JANEIRO

Procurada, a Polícia Militar informou que realizou 1.112 operações com foco nos ônibus que realizam o transporte coletivo na Grande Vitória. De acordo com a PM, as abordagens acontecem em diversos pontos e em horários estratégicos da região metropolitana. Em 2018, foram 17.541 ações. 

"A Polícia Militar frisa que o apoio de toda a população é muito importante e pede a colaboração dos usuários de transporte coletivo e também dos motoristas e cobradores para que denunciem os indivíduos que agem nos ônibus. As informações podem ser repassadas por meio do telefone 181 ou pelo site www.disquedenuncia181.es.gov.br. O sigilo e o anonimato são garantidos", informa a nota da PM.

 

Ver comentários