Notícia

Justiça mantém prisão de jovem que atacou estudante da Ufes

No entendimento da juíza Raquel de Almeida Valinho, a medida visa garantir a ordem pública

Deivid Pereira foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana
Deivid Pereira foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana
Foto: Divulgação

A Justiça manteve a prisão do estudante de Física Deivid Pereira, 25 anos, suspeito de atacar uma estudante de Arquitetura, de 20 anos, na manhã dessa terça-feira (12) dentro da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Goiabeiras, Vitória. Deivid foi preso em flagrante depois de tentar enforcar a vítima por duas vezes. Ele foi autuado por tentativa de homicídio.

A audiência de custódia foi realizada na manhã desta quarta-feira (13) no Centro de Triagem de Viana. Na decisão, a juíza Raquel de Almeida Valinho converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva. No entendimento da magistrada, a medida visa garantir a ordem pública. O mandado de prisão preventiva tem validade até 11 de março de 2039, considerando o prazo prescricional.

> Alunos da Ufes fazem protesto por segurança após aluna ser agredida

“Assim, tenho que a soltura do custodiado poderá colocar em risco a segurança social, haja vista a real possibilidade de reiteração delitiva, além do que está presente a periculosidade concreta de O sua conduta, bem como, visando garantir a instrução processual e a aplicação da Lei Penal”, diz um trecho da decisão.

Na audiência de custódia, a juíza registra que a defesa de Deivid requereu a liberdade provisória com aplicação de medidas cautelares, destacando que o indiciado é doador de sangue, passou no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e é voluntário na Ufes.

Salientando que o autuado já teve sua CTPS assinada, mas teve que abandonar o trabalho por conta da carga horária da UFES, destacando, ainda, que o autuado estava em surto no momento dos fatos, requerendo, portanto que seja encaminhado para Hospital Psiquiátrico, conforme registrado em mídia
Trecho da decisão

Diante da informação de que possui transtorno, A juíza determinou também que Deivid seja encaminhado para o Hospital Estadual de Atenção Clínica (HEAC), em Cariacica.

VEJA VÍDEO

Ver comentários