Notícia

Ladrão leva surra e é preso após tentativa de assalto em Vila Velha

Wenderson Rodrigues de Souza, 24 anos, foi agredido pela população e detido por uma equipe da Guarda Municipal

Local em que dona de bar foi assaltada em Guaranhuns, Vila Velha
Local em que dona de bar foi assaltada em Guaranhuns, Vila Velha
Foto: Bernardo Coutinho | GZ

Um ladrão foi preso após tentar assaltar duas pessoas e levar uma surra, no bairro Guaranhuns, em Vila Velha, na noite de quinta-feira (28). Na delegacia, Wenderson Rodrigues de Souza, 24 anos, reclamou que o celular dele sumiu enquanto era agredido.

De acordo com informações da polícia, primeiro Wenderson tentou roubar a moto de um homem, por volta das 18h30. Com uma pistola falsa, ele rendeu a vítima, que reagiu. O assaltante fugiu pulando em um valão.

Minutos depois, o suspeito rendeu uma comerciante de 44 anos. A vítima estacionava a caminhonete, uma Hillux de cor prata, na Rua Afonso Schwab, quando foi surpreendida por Wenderson.

Leia também

“Eu estava no meu bar e saí para fazer compras. Quando voltei, estava procurando lugar para estacionar. De repente, ele bateu no vidro da janela, já apontando a arma e mandou eu descer da caminhonete. Entrei e pânico”, relatou a comerciante.

A mulher conta que por causa do nervosismo, ao invés de sair do carro, acabou travando a porta do veículo. Nervoso, Wenderson continuou batendo no vidro do carro e ameaçou matar a comerciante.

“Eu abri a porta e ele estava bem irritado. Encostou a arma na minha testa e me puxou pelo braço. Caí no chão e fiquei deitada. Ele entrou e não conseguiu ligar o carro, que é automático”, contou a comerciante.

TIROS

O assalto chamou atenção de clientes que estavam no bar e pessoas que passavam pelo local no momento do crime. Segundo a comerciante, segundos depois dela ser jogada no chão pelo bandido, escutou dois tiros.

“Não faço ideia de onde os tiros vieram e quem atirou. Achei até que fosse o ladrão e que ele tinha me acertado. Quando ouvi ele gritando pedindo para ninguém o matar porque a arma dele era de plástico, é que levantei e vi que tinha muita gente em volta.”

Wenderson foi agredido pela população e resgatado por uma equipe da Guarda Municipal que patrulhava a região. Ele foi socorrido para o Hospital Antônio Bezerra de Faria e assim que recebeu alta, e levado para a 4ª Delegacia Regional.

Em depoimento, ele disse que teve o celular furtado enquanto era agredido. Wenderson foi autuado por tentativa de roubo e encaminhado para o presídio.

> Detento é flagrado vendendo droga em presídio de Vila Velha

Ver comentários