Notícia

Bandidos fazem arrastão em estabelecimentos comerciais na Serra

De uma pizzaria, os bandidos levaram apenas 100 reais, mas um lava-jato teve o prejuízo de cerca de R$ 5 mil porque foram levados equipamentos; veja vídeo

Câmeras flagraram o momento em que os bandidos saquearam as lojas
Câmeras flagraram o momento em que os bandidos saquearam as lojas
Foto: Reprodução

Cerca de seis comerciantes tiveram suas lojas arrombadas, invadidas e saqueadas por dois criminosos na madrugada desta quarta-feira (17), por volta das 3h30 no bairro Morada de Laranjeiras, na Serra. De acordo com a dona de uma franquia de pizzaria, Maria Nilda Silva Jamil, de 46 anos, câmeras de videomonitoramento flagraram a ação dos bandidos, que chegaram ao local em um carro que, aparentemente, parou de funcionar.

"Da minha loja, eles levaram somente o dinheiro que estava no caixa, que era o dinheiro para o troco — mais ou menos uns 150 reais. Estragaram a fechadura da porta e jogaram a gaveta do caixa na rua. Eles não pegaram nada de valor, como televisão, monitor. Na câmera da minha loja, dá para identificar o rosto dos dois", detalhou a comerciante.

> Após briga em bar, mecânico é baleado em Vila Velha

Maria Nilda também informou que outros cinco estabelecimentos foram arrombados: um lava-jato, uma mercearia, uma loja de açaí, um cerimonial e um restaurante mexicano. "Estou na gestão deste comércio tem um ano e, desde então, foi a primeira vez que aconteceu isso. Mas assaltos aqui no bairro são constantes. Não podemos nem deixar nossos filhos saírem na rua. Até para as meninas de 16 anos que vão a academia está perigoso demais", comentou Nilda.

Um boletim de ocorrência foi registrado no mesmo dia pelos comerciantes. De acordo com a dona da franquia de pizzaria, aparentemente os indivíduos são dois adolescentes inexperientes. "Eles chegaram em um Palio que quebrou a roda. Da minha loja tinha muita coisa que poderia ser levada, como celular, máquinas de cartão, televisão, computador, coisas da geladeira. Eles não pegaram nada. Não sei se é porque não tinham como carregar", explicou.

> Suspeito de atirar contra sargento da PM em Guarapari é detido

Quem também teve o estabelecimento arrombado foi Júnior Fernandes, de 27 anos. Ele tem um lava-jato no local há um ano e, assim como Nilda, a loja nunca tinha sido arrombada antes. "Chegamos para trabalhar e verificamos que os cadeados estavam todos quebrados. Arrombaram a porta. Da lava-jato, levaram aspiradores, máquina de fazer polimento, caixa de som, equipamento de monitoramento por câmera... Calculo este prejuízo em, mais ou menos, R$ 5 mil", disse o comerciante.

VEJA VÍDEO

O QUE DIZ A POLÍCIA MILITAR

A reportagem do Gazeta Online acionou a Polícia Militar para obter mais detalhes sobre a ocorrência, e o órgão informou que pede que uma viatura seja sempre acionada via 190 em caso de ocorrência de crimes em andamento. A PM confirma que uma ocorrência de arrombamento a estabelecimento comercial foi registrada em Morada de Laranjeiras, na Serra.

"É importante ressaltar que é, principalmente, com base nestes dados que a PM tem conhecimento dos pontos com maior incidência de crime, podendo traçar estratégias de policiamento com maior eficácia. A polícia ainda lembra que a colaboração da população é extremamente importância na elucidação de crimes. Denuncias sobre suspeitos que possam estar agindo na região devem ser feitas através do Disque-Denúncia (181)", disse em nota.

> Leia mais matérias de Polícia

Ver comentários