Notícia

Cinco pessoas são presas suspeitas de desviar dinheiro de contas no ES

Entre os presos, estão uma funcionária da agência do Banco do Brasil e um advogado

Entre os presos está uma funcionária do Banco do Brasil de Montanha
Entre os presos está uma funcionária do Banco do Brasil de Montanha
Foto: Reprodução/Google Street View

A polícia prendeu cinco pessoas suspeitas de desviar dinheiro de clientes de agências bancárias no Norte do Estado e também na Grande Vitória. Entre os presos, estão uma funcionária da agência do Banco do Brasil de Montanha, município do Norte do Espírito Santo. Os mandados de prisão foram cumpridos nesta segunda-feria (13) nos municípios de Vitória, Serra, Fundão e Montanha.

Segundo as investigações da polícia, a bancária passava informações privilegiadas de clientes ricos e, muitas vezes, idosos, a bandidos. De posse de dados pessoais e senhas, os bandidos faziam transferências de grandes quantias de dinheiro pessoalmente ou pela internet. O prejuízo, segundo as primeiras apurações, pode ser milionário.

> Trio é preso suspeito de aplicar golpe do bilhete premiado no ES

Com a ajuda da funcionária, em Montanha, uma mulher se passou por uma idosa rica e conseguiu transferir uma grande quantia de dinheiro.  

A bancária presa se chama Gizelle Lima Lopes Brito e foi detida na agência em que trabalhava na manhã desta segunda, de acordo com informações do marido dela à TV Gazeta. Após prestar depoimento na  Delegacia Patrimonial de Vitória, ela foi encaminhada para um presídio.

Foto: Vitor Jubini

Também foram presos Agrimal Alves Pereira, Samir Lima Damasceno e Deivid Manhaes Rogério, que foram transferidos ainda na segunda-feira para um presídio.

> Vinte já foram presos pelo golpe da locadora no ES

O advogado Gláucio Espíndola Gonçalves também foi detido na mesma operação. A polícia não informou qual era a participação dele nesse esquema. Após prestar depoimento na Delegacia Patrimonial de Vitória, ele foi transferido para o Quartel da Polícia Militar, por ser advogado.

BANCO DO BRASIL

Por meio de nota, a assessoria de imprensa do Banco do Brasil informa que "está contribuindo para melhor apuração dos fatos. Assim que tiverem mais informações vão passar à imprensa".

Com informações da TV Gazeta

Ver comentários