Notícia

Cuidadora é flagrada agredindo criança com celular em creche de Vitória

A mulher foi filmada no momento em que pega um celular e bate o aparelho na cabeça da criança, que no momento estava chorando

Uma cuidadora de crianças foi flagrada agredindo um bebê em um local que funciona como uma creche no bairro Maria Ortiz, em Vitória. A mulher foi filmada (veja vídeo acima) no momento em que pega um celular e bate o aparelho na cabeça da criança, que estava chorando. O local em que ocorreu a agressão não é uma creche da prefeitura, mas sim uma residência que atua como estabelecimento para crianças em âmbito particular.

Depois da agressão, e vendo que o bebê ainda chorava, a mulher pega a criança abruptamente no colo e esfrega um pano no rosto dela.

As imagens foram encaminhadas para a polícia, que passou a investigar o caso por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). A mulher, apontada como dona da creche, foi ouvida pela polícia e responderá pelo crime em liberdade.

O caso também será apurado pela Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Políticas sobre Drogas, na Assembleia Legislativa. O presidente da Comissão, o deputado Lorenzo Pazolini, que atuou na DPCA antes de ser eleito, vai falar sobre as investigações sobre os maus tratos na creche durante coletiva de imprensa na tarde desta terça.

O QUE DIZ A POLÍCIA CIVIL

Em nota, a Polícia Civil informou que a denúncia de maus tratos chegou diretamente à Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Políticas sobre Drogas da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, que tomou o depoimento da vítima e encaminhou à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), para início das investigações.

O delegado identificou a autora das agressões ao bebê, que é a dona da creche, intimou para prestar esclarecimentos na unidade e, durante o depoimento, ela confessou as acusações. A proprietária assinou um Termo Circunstanciado por maus tratos e responderá pelo crime em liberdade. O inquérito já foi remetido à Justiça.

A Prefeitura de Vitória informa que o local não possui alvará de localização e funcionamento como creche. O município enviará fiscais ao local para verificar a atividade exercida e intimar o proprietário do imóvel a regularizar a situação.

 

 

Ver comentários