Notícia

"Gangue do Pitbull" é presa acusada de homicídios em Cariacica e Vila Velha

Entre os crimes cometidos pelos integrantes do bando está o assassinato de um homem que teve a cabeça arrancada. O crime aconteceu em abril deste ano e foi noticiado pelo Gazeta Online

Presos foram encaminhados para o Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória
Presos foram encaminhados para o Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória
Foto: Bernardo Coutinho

Uma operação realizada na manhã desta quinta-feira (09) em sete bairros de Vila Velha e Cariacica prendeu integrantes de uma quadrilha que se intitula a "Gangue do Pitbull". A ação, intitulada "Operação Território", foi coordenada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cariacica. Participaram do cerco 130 policiais civis e militares, homens da Força Tática e cobertura aérea com uma equipe do Harpia.

> Polícia fecha cerco contra traficantes que dominam o Complexo da Penha

Segundo as investigações da polícia, os integrantes da gangue são responsáveis por, pelo menos, 10 homicídios nas regiões de Rio Marinho, Jardim Botânico, Vista Linda, Nelson Ramos, Caçaroca, Primeiro de Maio e Cobi de Cima.

Entre os crimes está o assassinato de um homem que teve a cabeça arrancada. O crime aconteceu em abril deste ano e foi noticiado pelo Gazeta Online.

O líder da gangue, conhecido como Leonardo "Pateta", foi preso na madrugada desta quinta-feira na Bahia.

> Bandidos desafiam a polícia e zombam de salário de militares no ES

Foram cumpridos 27 mandados de busca e prisão. Cerca de 20 pessoas, entre elas sete mulheres, foram conduzidas para o Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória.

Ver comentários