Notícia

Golpista que fingia ser policial é preso em Vitória

"Edinho PC", como é conhecido, é investigado pela delegacia de Guaçuí suspeito de utilizar falsa identidade de policial civil para aplicar golpes na região

Material apreendido no apartamento de Edinho PC, em Jardim Camburi
Material apreendido no apartamento de Edinho PC, em Jardim Camburi
Foto: Isaac Ribeiro

Um homem identificado como Edson Ribeiro de Azevedo, de 38 anos, foi preso no próprio apartamento na manhã desta sexta-feira (3), em Jardim Camburi. "Edinho PC", como é conhecido, é investigado pela delegacia de Guaçuí suspeito de utilizar falsa identidade de policial civil para aplicar golpes na região.

Segundo apontam as investigações, ele teria feito uma negociação de um arrendamento de um sítio-restaurante em um prazo de quatro meses. Edinho assinou um contrato no valor de R$ 1.250 mensais por cinco anos e ficou quatro meses sem pagar. Quando ele era cobrado, se dizia amigo do delegado, chefe de Guaçuí, e ameaçava as pessoas sob a justificativa de que era policial — e, por isso, não iria realizar o pagamento.

> Secretário de João Neiva é preso acusado de estelionato

De acordo com a delegada Rhaiana Bremenkamp, o acusado fazia outras comprar e aplicava outros golpes na região e não pagava, alegando ser policial civil. Quando era cobrado, ele insistia em coagir as pessoas. O delegado de lá encaminhou os mandados de prisão, busca e apreensão e eles foram cumpridos nesta data pela equipe da Delegacia de Defraudações (Defa) de Vitória.

Edinho PC
Edinho PC
Foto: Isaac Ribeiro

Na casa de Edinho PC, apreenderam uma pistola calibre 380, carregador, placa de colete balístico, camisa e carteirinha de membro de um clube de tiro do Espírito Santo. A arma não tem restrição e foi comprada legalmente por uma empresa — e a polícia investiga a procedência.

VEJA VÍDEO

O acusado não tem posse e, por isso, foi autuado em flagrante nesta sexta-feira (3) e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. Os mandados de prisão são relacionados a tráfico de influência, estelionato e falsidade ideológica. Edinho PC vai passar por uma audiência de custódia e cumpre mandado de prisão preventiva.

Material apreendido no apartamento de Edinho PC, em Jardim Camburi
Material apreendido no apartamento de Edinho PC, em Jardim Camburi
Foto: Isaac Ribeiro

Ver comentários