Notícia

Mulher é morta pelo marido enquanto trocava fralda do filho em Vila Velha

A polícia encontrou a mulher morta sobre a cama, com o filho de seis meses entre as pernas

Iure dos Santos, de 24 anos, foi morta com dois tiros na cabeça enquanto trocava a fralda do filho
Iure dos Santos, de 24 anos, foi morta com dois tiros na cabeça enquanto trocava a fralda do filho
Foto: Divulgação

Uma ajudante de cozinha de 24 anos, foi morta a tiros pelo marido na noite desta terça-feira (30). O crime aconteceu dentro da casa do casal, onde também estavam um menino de cinco anos e um bebê de seis meses, no bairro Normília da Cunha, região de Terra Vermelha, em Vila Velha

Ainda não se sabe a dinâmica do crime, mas Iure dos Santos, de 24 anos, foi morta com dois tiros na cabeça enquanto trocava a fralda do filho mais novo. A polícia encontrou a mulher morta sobre a cama, com o filho de seis meses entre as pernas. 

O filho mais velho de Iure, um menino de 5 anos, fruto de outro relacionamento, presenciou o crime e denunciou Antônio Leandro Bispo de Oliveira, de 21 anos, para familiares, que moram no mesmo quintal, nos fundos da casa do casal. 

> Robô batizado de Glória vai ajudar mulheres vítimas de violência

Um primo de Iure contou à polícia que não chegou a escutar os tiros, mas se assustou ao escutar o menino chorando muito e foi até a residência da prima para ver o que estava acontecendo. Ao chegar ao local, o rapaz encontrou a criança na sala, gritando "o Leandro atirou na mamãe".  

Irmão obrigou assassino a se entregar

Após cometer o crime, Antônio Leandro foi para casa de um irmão. Lá, o criminoso revelou tudo o que havia acontecido e alegou que o tiro teria sido acidental. O irmão, por sua vez, convenceu o rapaz a se entregar. Horas depois ele se apresentou na 2ª Delegacia Regional de Vila Velha e de lá foi encaminhado, ainda na noite de ontem, para o Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde prestou depoimento. 

Na manhã desta quarta-feira (01), Antônio Leandro foi autuado por feminicídio e levado para o Centro de Triagem de Viana.

Antônio Leandro Bispo de Oliveira, de 21 anos, foi autuado por feminicídio
Antônio Leandro Bispo de Oliveira, de 21 anos, foi autuado por feminicídio
Foto: Bernardo Coutinho

Descontrole, estupro e arma em casa

Familiares da Iure contaram que o casal estava junto há cerca de dois anos, e que Leandro sempre demonstrou ser uma pessoa descontrolada. O rapaz controlava o celular e tudo que a esposa fazia. Recentemente, sem se justificar, ele chegou a comprar uma pistola e a ameaçar a mulher de morte.

Há cerca de uma semana, o casal teria tido uma briga. Na ocasião, Antônio Leandro teria batido na mulher, batido a cabeça dela na parede e em seguida a estuprado. Iure só revelou o caso para uma amiga do trabalho e pediu segredo. No entanto, a irmã soube o que havia acontecido e familiares aconselharam a jovem a terminar o relacionamento. Mas a ajudante de cozinha dizia gostar do marido e ter medo dele também, e acabou por não se separar dele.

Com informações de Mayra Bandeira

Ver comentários