Notícia

Pai de jovem morto durante ação policial em Cariacica contesta versão

Segundo a PM, jovem foi baleado por ter reagido a uma ação policial, atirando contra a guarnição; família diz que o rapaz não tinha envolvimento com o crime

Welton de Jesus Tabach, pai de Cheslley de Oliveira Tabach - jovem morto pela Polícia Militar nesta terça-feira (07) em Cariacica
Welton de Jesus Tabach, pai de Cheslley de Oliveira Tabach - jovem morto pela Polícia Militar nesta terça-feira (07) em Cariacica
Foto: Elis Carvalho

"Sempre me dava beijo e pedia a benção". É assim que o comerciante Welton de Jesus Tabach, 39, descreve o relacionamento com o filho Cheslley de Oliveira Tabach, 20, - baleado e morto durante ação da Polícia Militar na manhã desta terça-feira (7), no bairro Vila Independência, em Cariacica.

O pai relata que não acredita na versão dada pela PM, de que Cheslley estaria com uma arma. Segundo ele, sempre teve relações próximas com o filho e participou ativamente da educação, portanto saberia de envolvimento dele com crimes.

Welton disse ainda que não irá descansar até lutar por justiça e acredita que o filho foi vítima da situação. "Ele era visto por todos como prestativo, trabalhador e carinhoso", afirma.

A família da vítima prestou depoimento na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e esteve nesta tarde no Departamento Médico Legal (DML) para reconhecer e liberar o corpo.

O QUE DIZ A PM

Cheslley foi morto durante um confronto com policiais militares que realizavam uma patrulha no bairro Vila Independência, em Cariacica, por volta das 9h desta terça-feira (07).

A PM afirma que os policiais que patrulhavam a região foram surpreendidos por indivíduos que dispararam contra a guarnição. Com isso, um suspeito foi baleado. Segundo a PM, ele estava armado com um revolver calibre 38, com cinco munições, e também tinha uma moto com restrições administrativas, que foram apreendidos após o tiroteio.

Segundo a PM, militares socorreram Cheslley e o levaram ao PA de Alto Lage, mas ele acabou morrendo. 

PROTESTO

Protesto de moradores do bairro Mucuri, em Cariacica,  interditaram completamente um trecho da Rodovia do Contorno.
Protesto de moradores do bairro Mucuri, em Cariacica, interditaram completamente um trecho da Rodovia do Contorno.
Foto: Fredson Lavra

Revoltados com o acontecimento, moradores e comerciantes do bairro Mucuri realizaram um protesto na Rodovia do Contorno. Manifestantes atearam fogo em pneus e bloquearam os dois sentidos das via para impedir a passagem de motoristas.

Os comércios da região permanecem fechados devido ao medo e insegurança.

> Após morte de suspeito, moradores fazem protesto na Rodovia do Contorno

ESQUADRÃO ANTIBOMBAS

Artefato abandonado após protesto mobiliza esquadrão antibombas na Rodovia do Contorno
Artefato abandonado após protesto mobiliza esquadrão antibombas na Rodovia do Contorno
Foto: Marcelo Prest | GZ

Um artefato abandonado após protesto de moradores de Mucuri, em Cariacica, em razão da morte de um suspeito durante um confronto com a PM na manhã desta terça (07), mobilizou o esquadrão antibombas no início da tarde na região de Vila Capixaba, no mesmo município.

Policiais verificaram e detonaram o objeto por volta das 13h, mas não confirmaram se realmente era uma bomba. O material foi deixado após manifestação realizada por moradores.

> Artefato abandonado após protesto mobiliza esquadrão antibombas no Contorno

Ver comentários