Notícia

Trio é preso após arrastão em Transcol lotado em Cariacica

"Eles estavam muito nervosos. Colocaram a arma bem na minha cara, achei que fossem atirar", disse uma das vítimas

Material recuperado pela polícia após arrastão em Transcol
Material recuperado pela polícia após arrastão em Transcol
Foto: Isaac Ribeiro

Três bandidos foram presos na noite desta sexta-feira (24) suspeitos de praticarem um arrastão dentro de um Transcol em Cariacica. Testemunhas contaram à Polícia Civil que Willian Rodrigues Pimentel, 18 anos, e dois adolescentes de 15 anos saquearam cerca de 50 passageiros do Transcol que faz a linha 756 (Padre Gabriel - Terminal de Jardim América).

Na manhã deste sábado (25), duas vítimas compareceram à 3º Delegacia em Cariacica, em funcionamento no Distrito Policial de Cobilândia, em Vila Velha. Um atendente de telemarketing de 25 anos foi um dos alvos dos criminosos.

Após prestar depoimento à Polícia Civil, ele contou que entrou no ônibus no Terminal de Jardim América, em Cariacica, e seguia para a casa, no mesmo município. Segundo ele, os criminosos também entraram no coletivo como se fossem passageiros.

Ainda de acordo com o jovem, quando o veículo passava pelo bairro Castelo Branco, no mesmo município, Willian e os adolescentes anunciaram o assalto. "Dois dos assaltantes estavam armados. Eles anunciaram o assalto e começaram a meter a mão nos objetos de todo mundo que estava no ônibus", disse o passageiro que pediu para não ser identificado.

AMEAÇAS

Alterados, os criminosos ameaçaram atirar caso algum passageiro reagisse. 

Eles estavam muito nervosos. Colocaram a arma bem na minha cara, achei que fossem atirar. Apontaram tão perto da minha cara que deu para ver a bala dentro da arma. É uma experiência que espero não passar nunca mais
Uma das vítimas

De acordo com o atendente, o trio roubou celulares, cordões, pulseiras, relógios e dinheiro. Após o saque, os criminosos exigiram que o motorista parasse o veículo e fugiram. Uma viatura da Polícia Militar que seguia perto do Transcol perseguiu Willian e os adolescentes.

Um dos suspeitos chegou a invadir um imóvel para tentar escapar, mas foi alcançado e preso. Os passageiros que foram à delegacia na manhã deste sábado não souberam informar se os PMs flagraram a ação ou foram acionados por alguma vítima.

"É a primeira vez que sou assaltado e espero que seja a última. Estava ouvindo música e na hora não fiquei nervoso, mas depois que os bandidos desceram tremi igual vara verde. Ainda estou meio nervoso com tudo isso. É uma experiência que ninguém merece passar."

De acordo com a Polícia Civil, os militares apreenderam os adolescentes e prenderam o homem logo após a ação criminosa. Com eles foram encontrados dois relógios, sete celulares, um cordão, e um revólver calibre 38 municiado. Um dos menores estava com uma bucha de maconha.

CELULARES RECUPERADOS

As duas vítimas que foram à delegacia recuperaram os celulares roubados. Willian foi autuado por roubo e corrupção de menores. Já os dois adolescentes foram autuados por roubo, sendo que um deles também foi autuado por posse de droga.

ASSALTO A ÔNIBUS NA BR-262

Dois bandidos armados renderam e saquearam passageiros que estavam no Transcol que faz a linha 526 (Terminal de Campo Grande - Terminal de Vila Velha ). Os criminosos conseguiram fugir levando celulares, joias, dinheiro dos passageiros e também do cobrador do ônibus. O crime aconteceu às 22h desta sexta-feira (24) no bairro São Francisco, em Cariacica.

Um dos passageiros, um motorista de 31 anos, contou que embarcou no ônibus no Terminal de Campo Grande, em Cariacica, às 21h55. Segundo ele, os bandidos também entraram no veículo no mesmo terminal. Eles sentaram nos bancos dos fundos, como se fossem passageiros comuns. Um deles estava com uma mochila nas mãos.

O motorista contou que, cerca de cinco minutos após deixarem o terminal, na BR-262, os criminosos levantaram e anunciaram o assalto. Um deles, simulando estar armado, permaneceu próximo à porta enquanto o outro, que estava com a mochila, exigiu que os passageiros entregassem celulares, dinheiro e objetos pessoais.

"Eles levaram meu celular e o cartão de banco que estava junto, mas também vi eles pegando pertences de pelo menos cinco pessoas. O roubo durou menos de um minuto. Eu nunca tinha passado por isso na vida. Hoje não tem como andar de ônibus e não sentir medo de ser rendido", disse o motorista. Ninguém foi preso.

 

 

 

 

Ver comentários