Notícia

Encontrado em Viana corpo que pode ser de motorista desaparecido

Apesar de estar em avançado estado de decomposição, o corpo contém a mesma tatuagem do motorista: um nome no peito. Mãe do desaparecido comparecerá ao DML na próxima segunda-feira (17) para realizar exame de DNA.

Aldo Souza dos Reis está desaparecido há três dias. Motorista saiu para trabalhar e não voltou para casa.
Aldo Souza dos Reis está desaparecido há três dias. Motorista saiu para trabalhar e não voltou para casa.
Foto: Arquivo Pessoal

A Polícia Civil chamou a família do motorista de aplicativo Aldo Souza dos Reis, 32 anos, desaparecido desde a última sexta-feira (07), para tentar reconhecer um corpo que foi localizado na Estrada do Tanque, em Morada de Betânia, Viana. Apesar de estar em avançado estado de decomposição, a vítima contém a mesma tatuagem do motorista: um nome no peito. A mãe do desaparecido comparecerá ao Departamento Médico Legal (DML) na próxima segunda-feira (17) para realizar exame de DNA. 

Aldo saiu de casa, na Serra, por volta das 17h30 do dia 07 em um Gol Prata. De acordo com a esposa, a diarista Azélia Santos Gomes, 33 anos, ela e o marido se falaram pelo menos três vezes enquanto ele trabalhava. A última ligação aconteceu às 21 horas, quando o filho perguntou se Aldo estava voltando para a casa. Na ligação, ele disse que estava em uma corrida em Vila Velha e voltaria para a casa às 22 horas, o que não aconteceu. 

"Ele disse que ainda ia trabalhar por mais uma hora e que estava fazendo uma corrida em Vila Velha. Meu filho foi dormir e eu fiquei esperando, mas ele não voltou", disse a mulher do desaparecido. 

DEDOS CORTADOS

De acordo com investigadores da Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o corpo foi localizado na Estrada do Tanque, Morada de Betânia, Viana, na noite de sábado (15). A vítima tinha sinais de tortura, como ferimentos na cabeça. Segundo os investigadores, não é possível precisar que objeto foi usado para bater na cabeça da vítima. Além dos ferimentos, todos os dedos do homem foram arrancados. Por conta disso, a perícia não conseguiu colher as digitais do corpo. 

Desconfiados de que o corpo encontrado pudesse ser do motorista desaparecido, investigadores do DHPP estiveram na manhã deste domingo (16) no DML. Na ocasião, eles descobriram que o corpo tinha a mesma tatuagem que Aldo: Um nome no peito. O irmão do motorista foi ao DML, mas não conseguiu reconhecer o corpo por estar em estado avançado de decomposição. 

Ainda segundo os investigadores, a mãe do desaparecido irá ao DML nesta segunda-feira (17) para fazer um exame de DNA. Segundo a polícia, apenas após o resultado do exame será possível confirmar se o corpo localizado é mesmo do motorista Aldo. 

CARRO INCENDIADO

O carro do motorista de aplicativo que está desaparecido desde a última sexta-feira (7), foi encontrado queimado no bairro Vista Linda, em Cariacica, na tarde de (10). O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Homicídio e Pessoas Desaparecidas. A Polícia Civil informou que encontrou o veículo dele totalmente queimado no bairro Vista Linda, em Cariacica. O carro foi encaminhado à Delegacia Regional de Cariacica.

Procurada, a Polícia Civil informou que o caso já está sendo investigado mas que até o momento o homem não foi encontrado. Denúncias que auxiliem no trabalho da polícia podem ser feitas por meio do Disque - Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br.

 

 

Ver comentários