Notícia

Mortes na BR 101: empresário dono de carreta tem pedido de prisão decretada

A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública;

Dono da carreta que provocou acidente com mortes na BR 101, na Serra
Dono da carreta que provocou acidente com mortes na BR 101, na Serra
Foto: Montagem

O dono da carga e da carreta que provocou o acidente com mortes de três pessoas da mesma família na BR 101, na Serra, na última segunda-feira (12), irá responder pelos mesmos crimes que o motorista do caminhão.

A Polícia Civil informou que já representou o mandado de prisão preventiva do empresário Emmanuel Bersacola de Assis Costa, de 37 anos, nesta quarta-feira (12), como co-autor do crime. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), a Justiça acatou o pedido e expediu o mandado.

De acordo com o delegado Maurício Gonçalves da Rocha,titular da Delegacia de Delitos de Trânsito, na tarde desta quarta-feira (12) foi representado o mandado de prisão preventiva de Rodrigo Girardi Supelete, 27, motorista do veículo, e também do dono da empresa de mármore e granito, responsável pela carreta e pela carga.

Leia também

"Foi cumprido o mandado de prisão do Rodrigo e o dono da empresa não foi localizado. Emmanuel é considerado foragido e as equipes da Polícia Civil estão à procura dele para cumprimento de mandado de prisão. O empresário será responsabilizado porque existem irregularidades junto ao veículo - que iremos apurar de forma mais profunda. Além disso, ele deu fuga ao Rodrigo, veio até Vitória, o buscou no hospital, o levou para Cachoeiro de Itapemirim, de Cachoeiro vieram para Vitória e ficaram escondidos em um hotel que a gente ainda não conseguiu identificar. Enquanto a gente estava o tempo inteiro tentando localizar o motorista e ele não estava em lugar nenhum conhecido, nenhum dos endereços dele, nem na casa, nem na empresa", explica o delegado.

O delegado completou que durante as diligências foi constatado que Emmanuel deu toda cobertura para o motorista da empresa se livrar da ação policial, dificultando o trabalho de investigação, como os exames periciais.

O QUE DIZ O DELEGADO

"Fundamentado por tudo isso a gente representou pela prisão dele. Ele é investigado como co-autor do crime de trânsito, respondendo pelos mesmos crimes que o Rodrigo: Triplo homicídio doloso e uma tentativa de homicídio doloso, todos fundamentados pelo dolo eventual, que é quando a pessoa assume o risco de produzir o resultado e não se importa com as consequências do seu ato. Em cima de fatores como alta velocidade, uso de entorpecentes, entre outros, a gente constrói essa tese do dolo eventual e apesenta à Justiça. Dessa forma, o caso sai da tipificação do código de trânsito e vai para o código penal, no artigo 121", contou.

> Vítimas de duas tragédias com granito no ES se conheciam desde criança

A defesa do empresário, feita pelo advogado Hocilon Rios, diz que Emmanuel vai se apresentar à polícia nesta quinta-feira (13).

MOTORISTA PRESO

O motorista Rodrigo Girardi Supelete foi preso na noite desta quarta-feira (12), acusado de triplo homicídio com dolo eventual. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

> Família morta em acidente com carreta é sepultada em Viana

Rodrigo se apresentou à polícia nesta quarta-feira (12), onde prestou depoimento durante a tarde, na Delegacia de Delitos de Trânsito, acompanhado de dois advogados. No local, por volta das 15h15, o acusado informou que sofreu escoriações durante o acidente.

Momento em que o motorista Rodrigo Girard deixa o DML em Vitória e retorna para a Delegacia de Delitos de Trânsito de Vitória
Momento em que o motorista Rodrigo Girard deixa o DML em Vitória e retorna para a Delegacia de Delitos de Trânsito de Vitória
Foto: Ricardo Medeiros | GZ

> Empresa responsável por transporte de pedra amanhece fechada

Por este motivo, o delegado Maurício Gonçalves da Rocha o encaminhou ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Às 16h05, Rodrigo retornou à delegacia, onde foi ouvido. Após duas horas de depoimento, ele foi preso. 

O vídeo abaixo, registrado pela repórter Elis Carvalho, mostra o momento em que a polícia tira fotos do acusado para anexá-las ao inquérito.

AS VÍTIMAS

No acidente morreram Ozineto Francisco Rodrigues, de 38 anos, Danielli Martins, de 34 anos, Lucca Martins Rodrigues, de 1 ano e 4 meses. A outra vítima, Gabriel Martins, de 11 anos, foi socorrida e encaminhada para o Hospital Infantil de Vitória, onde permanece internada em estado grave. A família voltava de uma viagem que fizeram ao Nordeste.

Os corpos foram velados na Igreja Assembleia de Deus Resgatai, em Viana. Já o sepultamento aconteceu no cemitério de Vila Bethânia, também no município, na tarde desta quarta-feira (12).

Família morta em acidente voltava de viagem de férias. O filho mais velho sobreviveu
Família morta em acidente voltava de viagem de férias. O filho mais velho sobreviveu
Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

 

Ver comentários