Notícia

Tiroteio gera correria e pânico na Vila Rubim

O tiroteio aconteceu no final da manhã. De madrugada uma pessoa foi morta em outra troca de tiros

Vila Rubim, em Vitória: posto da PM fica próximo de onde aconteceram dois tiroteios
Vila Rubim, em Vitória: posto da PM fica próximo de onde aconteceram dois tiroteios
Foto: Fernando Madeira

Um tiroteio assustou moradores e comerciantes da região da Vila Rubim, em Vitória, no final da manhã desta quarta-feira (12). Pouco antes das 11h30, dois homens chegaram de bicicleta atirando. Ainda não há informação de quem seria o alvo, mas pelo menos uma pessoa ficou ferida.

De acordo com informações de comerciantes da região, o mercado estava cheio no momento dos disparos e as pessoas tiveram que se esconder. O ponto de ônibus também tinha muitos passageiros aguardando, na Rua Pedro Nolasco.

No momento da chegada da equipe da reportagem da TV Gazeta no local do crime, muitas viaturas já faziam o patrulhamento, mas ninguém foi encontrado. Na Vila Rubim há um destacamento da Polícia Militar próximo ao local onde aconteceram os disparos.

 

> Jovem é morto com dois tiros na cabeça na Vila Rubim, em Vitória

A troca de tiros durou cerca de 15 minutos. Um beco onde, segundo testemunhas, ficam usuários de drogas e traficantes, estava com várias marcas de tiros nas portas de aço e nas paredes.

Segundo informações de testemunhas, os homens que atiraram foram em direção à Rodoviária, mas ainda não foram localizados. Uma pessoa, que ficou ferida, fugiu. A PM acredita que seja um criminoso também, pois não permaneceu no local do crime. A Polícia Civil vai investigar o caso. 

OUTRO TIROTEIO E MORTE

De madrugada, uma outra troca de tiros chamou a atenção de moradores da Vila Rubim. O tiroteio aconteceu no mesmo beco da troca de tiros do final da manhã. Carlos Douglas da Silva, de 34 anos, foi assassinado. Outra pessoa ficou ferida e foi levada para a Santa Casa de Misericórdia, onde permanece internada. O local onde ele foi morto ficou com várias marcas de tiros.

Segundo testemunhas, por volta das duas horas da madrugada começou uma intensa troca de tiros em bairros da região da Vila Rubim. Depois os bandidos chegaram em um praça, onde ficam muitos traficantes e usuários de drogas. O outro homem também foi atingido, mas foi levado para o Hospital.

MÃE PERDE O SEGUNDO FILHO

A mãe de Carlos, a cozinheira Eva Luz, contou que é o segundo filho que ela perde para as drogas. Ela explicou que Carlos Douglas era usuário de drogas e costumava passar a noite na rua. “Eu estava orando quando minha filha ligou dizendo que mataram o Douglas. Eu estava orando por ele. Quando a gente tem filhos assim, a gente fica pensando no pior”, declarou.

A mãe afirmou que ainda lutava para tirar o filho das drogas. “Dava muito conselho, chamava ele para ir para a igreja. Toda semana tem mãe perdendo filho por causa das drogas, porque eles não querem obedecer, querem viver de qualquer jeito”, completou.

A cozinha ainda lamentou a quantidade de pessoas que morre por causa do uso de entorpecentes. “Só Jesus para ter misericórdia desses jovens, desse povo que vive em guerra por causa do tráfico. Tantas vidas morrendo de graça porque não quer ouvir o conselho dos pais e das mães. Que Deus tenha misericórdia. Que Deus venha perdoar quem tirou a vida do meu filho”, completou a mãe de Carlos Douglas.

O irmão de Carlos, o borracheiro Valdeci Luz, também tentou ajudar. “Muitas vezes eu falei com meu irmão para ele sair dessa vida. Ele trabalhava, mas deixou ser vencido pelo uso da droga”, lamentou.

Carlos Douglas era casado e tinha três filhos. Quem viu a ação dos bandidos, preferiu não falar com a reportagem.

POLICIAMENTO NA REGIÃO 

Em nota, a Polícia Militar declarou que o destacamento da PM que existe no local está em reforma e que os policiais estão atuando em duas bases móveis na região da Vila Rubim - um pedido da própria comunidade. A polícia pediu que a população participe das reuniões com a PM e apresente as demandas que possam trazer mudanças no planejamento. "É importante destacar que viaturas circularam na região realizando rondas interativas e ostensivas", declarou. 

Com informações de Diony Silva 

Ver comentários