Horas de terror

Como jovem do ES foi torturada, humilhada e ameaçada por terminar namoro

Acusado foi preso, em Cariacica, por torturar, manter em cárcere privado, ameaçar e divulgar vídeo da ex-namorada nua, de cabeça e sobrancelhas raspadas.

Elis Carvalho

Publicado em 09/07/2019 às 21h52

O dia 19 de junho de 2019 jamais sairá da cabeça da estudante de 18 anos, que teve os cabelos raspados pelo ex-companheiro. As horas que a jovem passou nas mãos do ajudante de pedreiro Keuly Vinícius dos Santos, de 19 anos, foram de intenso terror e humilhação. O acusado foi preso na manhã desta terça-feira (9) em Cariacica, acusado de torturar, manter em cárcere privado, ameaçar e divulgar vídeo da ex-namorada nua, de cabeça e sobrancelhas raspadas. 

EMBOSCADA

Segundo a polícia, a vítima, uma estudante de 18 anos, namorou com Keuly Vinícius dos Santos, 19, por um ano e meio e os dois chegaram a morar juntos. O casal terminou em maio de 2019, mas o acusado recusou-se a entregar pertences da vítima, como documentos e roupas.

Segundo ela, Keuly não aceitou o fim de relação e não concordava que ela seguisse a vida. Após um mês de término, no dia 19 de junho, o acusado disse que entregaria os objetos da ex-companheira. Para isso, ela deveria ir até a casa da mãe dele.

> Mulher tem cabelo e corpo cortados pelo namorado com caco de vidro

TORTURA

"Ele a buscou na casa onde ela estava com uma amiga e a levou para a casa da mãe dele, em Cariacica. A mãe dele não estava casa. Assim que entraram, ele pegou uma máquina de raspar cabelo e disse que ou a matava, ou rasparia os cabelos dela. A estudante ficou sem opção e teve cabelos e sobrancelha raspados. Ela foi levada para a parte de cima da residência, onde outro imóvel está em construção", contou a Fernanda Diniz, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

HUMILHAÇÃO

Foto: Arabson

No local, Keuly exibiu uma arma e exigiu que a ex-companheira tirasse toda a roupa. Foi quando ele fez um vídeo nela nua, a obrigando a assumir supostas traições. Em seguida, ele a levou para as ruas do bairro, obrigando que ela andasse nua na frente dos moradores.

CÁRCERE PRIVADO

Depois de humilhá-la, Keuly retornou com a vítima para a casa da mãe dele e a trancou em um banheiro por algumas horas. A vítima não soube informar quanto tempo ficou detida sem saber o que o criminoso faria com ela. 

> Jane Cherubim: espancada e largada na estrada, mais uma mulher agredida

TERROR PSICOLÓGICO

Por fim, a levou para um cemitério, onde fez um corte na mão da vítima, fazendo com que o sangue dela caísse em um túmulo. Foi quando ele afirmou que naquele momento estava vendendo a alma da estudante ao diabo, como forma de fazer terror psicológico.

AMEAÇA

"Foi uma grande barbárie. Ele ainda ameaçou ela e toda sua família de morte caso a jovem denunciasse. Uma pessoa com uma conduta dessa poderia facilmente cumprir as ameaças. A vítima se escondeu e não denunciou, por medo. Nós só tivemos conhecimento do crime graças a reportagem, que procurou a polícia com o vídeo. O acusado não aceitava o fim da relação e nem que a estudante seguisse a vida sem ele. Nada justifica o que ele fez", explicou a delegada Fernanda Diniz. 

EXPOSIÇÃO

Foto: Arabson

Após toda tortura física e psicológica, a estudante ainda enfrentou mais uma violência: a exposição na internet. Isso porque o vídeo da ex-namorada nua, com cabelos e sobrancelha raspados, caiu na internet. A imagem foi compartilhada por várias pessoas não só em Cariacica, mas em outras regiões. 

> Jovem é abandonada no mato após ter rosto desfigurado pelo marido no ES

DELEGADAS FALAM SOBRE CRIME