Notícia

Mulher tem ataque de fúria e coloca fogo na moto do ex em Cariacica

Câmeras de videomonitoramento da região flagraram o momento em que a mulher jogou um líquido inflamável na motocicleta e depois ateou fogo com a ajuda de um isqueiro. Segundo a vítima, o crime foi motivado por ciúmes. Ninguém ficou ferido.

Mais uma vez uma mulher teve um ataque de fúria e destruiu o veículo do ex-marido. Desta vez, a acusada colocou fogo em uma moto em Campo Grande, Cariacica, na tarde desta segunda-feira (15). Recentemente, esse é o terceiro caso, no mesmo bairro, de mulheres destruindo os veículos dos ex-companheiros.

Câmeras de videomonitoramento da região flagraram o momento em que a mulher jogou um líquido inflamável na motocicleta e depois ateou fogo com a ajuda de um isqueiro. Segundo a vítima, o crime foi motivado por ciúmes. Ninguém ficou ferido.

 

> Mulher tem ataque de fúria e destrói carro do ex-marido em Cariacica, ES

De acordo com o pedreiro José Otacílio dos Santos, de 48 anos, ele e a ex-mulher, uma vendedora de 40 anos, foram casados por 20 anos. Juntos, os dois possuem uma filha de 17 anos. Ele conta que a relação do casal sempre foi boa, mas que as vezes brigavam devido aos ciúmes dela.   

"Ela sempre foi ciumenta. Mas até então era um ciúme que eu achava normal. No fim da nossa relação ela disse que não queria mais e me colocou para fora de casa. Eu respeitei a decisão dela e saí. Depois ela me procurou pedindo pra voltar e eu voltei. Logo em seguida ela quis separar de novo e começou a namorar outra pessoa. Eu saí de casa, mas continuei ajudando em todas as despesas porque ela estava desempregada. Pra mim, estava tudo normal. Até que a pouco tempo eu comecei a namorar também", conta.

CIÚMES

Foi a partir daí que tudo mudou, segundo o pedreiro. Ele conta que a vendedora não aceitou que ele seguisse a vida com outra mulher e ficou furiosa ao vê-lo andando de moto com a nova namorada na garupa.  

"Eu moro em outro bairro, mas ficava sabendo de ameaças que ela fazia através de amigos. Ela disse que eu estava provocando ela por estar com outra pessoa. Até que, nesta segunda, por volta de 14h30, ela foi até o meu trabalho e colocou fogo na minha moto. Primeiro ouvi uma explosão. Olhei para a rua, vi muita fumaça e a minha moto pegando fogo. Corri para apagar com água, porque corria o risco de atingir um carro que estava próximo", lembrou. 

>Mulher quebra vidro de carro e incendeia veículo do ex em Cariacica

Após atear fogo, a mulher subiu em uma moto e fugiu. O pedreiro registou ocorrência na Delegacia de Polícia de Campo Grande. Agora, pretende pedir uma Medida Protetiva.

"Fica o medo, né? Por que não sei mais o que ela é capaz. Estou pegando informações para conseguir uma Medida Protetiva e espero que a Justiça faça alguma coisa. Porque fiquei no prejuízo". 

> "Amei demais", diz mulher acusada de botar fogo no carro do ex no ES

 

 

 

 

Ver comentários