Notícia

PM é atacado por mulher ao atender denúncia de som alto em Linhares

Agente ficou ferido no pescoço e no rosto; um homem também acabou detido por desacato

Durante abordagem, Cabo Bonadiman foi agredido, no rosto e no pescoço, por uma mulher
Durante abordagem, Cabo Bonadiman foi agredido, no rosto e no pescoço, por uma mulher
Foto: Internauta

Um policial militar chegou a sangrar depois de ser agredido no rosto e no pescoço por uma mulher de 28 anos, enquanto atendia a uma denúncia de som alto, no bairro Aviso, em Linhares, Região Norte do Estado. A confusão, que deixou ferido o Cabo Bonadiman, teria começado assim que os agentes chegaram ao local, na manhã de sábado (6).

Segundo informações da própria Polícia Militar, um homem de 23 anos também confrontou os policiais durante a abordagem. O casal, então, acabou detido e levado à Delegacia Regional de Linhares. A mulher foi autuada por desacato e resistência; enquanto o rapaz responderá apenas pelo primeiro dos crimes.

 > Policial é chamado de 'macaco' durante abordagem em Baixo Guandu

De acordo com a Polícia Civil, ele assinou um termo circunstanciado e responderá em liberdade. Já a mulher deve ser encaminhada ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina, no Noroeste do Estado, caso não pague a fiança estipulada pelo delegado. Anteriormente, ela já havia sido presa por desacato e perturbação do sossego.

SEGUNDO PM AGREDIDO EM UMA SEMANA

Na última segunda-feira (1), outro policial militar precisou ser internado em um hospital particular de Linhares, após receber uma paulada na cabeça. Segundo o registrado no boletim, o PM tentava apartar uma briga na comunidade de Chapadão do XV, Zona Rural do município, quando foi agredido pelos envolvidos. Três pessoas acabaram detidas.

Ver comentários