Notícia

Quadrilha que domina tráfico em dois bairros de Linhares é presa

Deflagrada na manhã desta quinta-feira (11), a operação cumpre oito mandados de prisão e mais oito mandados de busca e apreensão nos bairros Aviso e Interlagos

Materiais apreendidos na Operação Torre Branca, em Linhares
Materiais apreendidos na Operação Torre Branca, em Linhares
Foto: Divulgação/MPES

Uma operação foi deflagrada pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES), em Linhares, região Norte do Estado, na manhã desta quinta-feira (11), para desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas nos bairros Aviso e Interlagos.

Na chamada Operação Torre Branca, são cumpridos, inicialmente, oito mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão. Participam dos trabalhos um promotor de Justiça, oito policiais civis e 36 policiais militares, além de dois cães farejadores.

De acordo com o MPES, foram detidas 10 pessoas até o momento e apreendidos R$ 9.271 em dinheiro, drogas (105 gramas de cocaína, 351 buchas de maconha e um tablete de 435 gramas de maconha), duas pistolas .380 e 107 munições. 

A investigação é feita pelo Ministério Público, por meio da Promotoria de Justiça de Linhares, com apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil.

 

NOME DA OPERAÇÃO

Segundo o MPES, Torre Branca é uma antiga fortaleza e torre central da Torre de Londres, em Tower Hamlets, na Inglaterra. Foi construída por Guilherme, o Conquistador, durante o início da década de 1080, e posteriormente estendido. O nome da operação faz referência ao apelido do alvo principal da investigação.

 

 

Ver comentários