Notícia

Bandido assalta ônibus pela sexta vez em Linhares

O último crime aconteceu no sábado (10). Em todas as vezes, o suspeito espera pelo coletivo no mesmo ponto, do bairro Nova Esperança, e rouba a mesma linha de ônibus

A ousadia de um bandido tem aterrorizado motoristas e cobradores de ônibus que circulam no bairro Nova Esperança, em Linhares, Região Norte do Estado. Neste final de semana, o criminoso assaltou a mesma linha de ônibus pela sexta vez.

Segundo a Viação Joana D’Arc, o suspeito cometeu mais um roubo na linha São José/Nova Esperança e Linhares V no último sábado (10). Dessa vez, ele assaltou apenas o cobrador. O acusado sempre espera pelo coletivo no mesmo ponto, que fica próximo a uma escola.

Imagens das câmeras de segurança do veículo mostram a ação do bandido. O ônibus para no ponto por volta das 18h45. Em poucos segundos, ele entra pela porta dos fundos do coletivo, rende o cobrador, pega o dinheiro do caixa e vai embora.

POLÍCIA MILITAR

Em nota, a Polícia Militar explicou que realiza o policiamento ostensivo diariamente na região. “No entanto, apesar da atividade exercida, vale lembrar que na impossibilidade de estar em todo lugar ao mesmo tempo, indivíduos motivados à prática criminal aproveitam das brechas para agir”, diz a nota.

Por isso, a Polícia Militar reforça sobre a importância da participação da população no acionamento via 190, em casos de suspeitas ou crimes em andamento. “A PM somente pode deter indivíduos em flagrante delito, e quando isso não acontece a Polícia Civil deve ser acionada pelas vítimas, a quem cabe investigar, identificar e punir os responsáveis”, finaliza a nota.

POLÍCIA CIVIL

Já a Polícia Civil informou que o caso é investigado pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Linhares. Até o momento, o suspeito não foi identificado e detido.

“O Disque-Denúncia 181 é a melhor forma da população auxiliar a polícia com informações que levem à prisão de criminosos. O sigilo é garantido e todas as informações são investigadas. O 190 deve ser acionado em caso de crime em andamento”, orienta a nota da PC.

Ver comentários