Notícia

Cinco homens são presos com armas indo para "Mandela" em Vitória

Cinco homens foram detidos após atuação da força Tática da PM. Dois deles estavam com armas com a inscrição "Trem Bala", grupo armado da organização criminosa Primeiro Comando de Vitória"

Os militares fizeram buscas no local, mas até o momento ninguém foi localizado
Os militares fizeram buscas no local, mas até o momento ninguém foi localizado
Foto: Divulgação Polícia Militar

Cinco homens, dois deles armados, foram detidos dentro de um carro de aplicativo quando seguiam para um baile do "Mandela" no Morro da Garrafa, em Vitória, na madrugada deste sábado (31). Os suspeitos haviam embarcado no veículo no Bairro da Penha e foram abordados na Avenida Leitão da Silva.

Segundo informações da Polícia Militar, o grupo estava no Siena de placas MSR 6B19, de cor preta, e seguia pela Avenida Leitão da Silva, na altura do bairro Gurigica, quando uma equipe da Força Tática se aproximou e sinalizou para que o motorista parasse o carro. Porém, o condutor não obedeceu a ordem.

Os policiais fizeram acompanhamento e solicitaram reforço. Na Rua Almirante Tamandaré o carro de aplicativo foi obrigado a parar após ser cercado pela Polícia Militar.

>Polícia Civil investiga ataques contra moradores de rua na Vila Rubim

Um dos ocupantes era Rafael de Souza Barbosa, 19 anos. Com ele foi encontrado uma pistola Glock .45 com 22 munições e mais dois carregadores de pistola. O armamento, segundo o registro da PM, tinham selos do "Trem Bala", grupo armado do Primeiro Comando de Vitória (PCV) que mantém o domínio do tráfico no Bairro da Penha. Com ele ainda foi encontrado um rádio comunicador, R$ 300 em dinheiro e 9 pinos de cocaína.

Outro detido dentro do carro foi Jean Cláudio Abreu da Silva, 24, que ao ser obrigado sair do veículo, arremessou uma pistola 9mm carregada para dentro do carro. Na cintura dele, havia um coldre e um rádio comunicador. 

Rafael e Jean estavam com mandados de prisão em aberto que foram cumpridos. A polícia não informou por quais crimes eram os mandados de prisão. 

Os dois homens armados, mais o motorista do carro e os outros três ocupantes - entre eles um adolescente de 17 anos - foram levados para a Delegacia Regional de Vitória, onde prestaram depoimento. Rafael e Jean foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, além do cumprimento do mandado. Os demais foram liberados.

>Líder de facção no Espírito Santo teve 55 advogados em 14 meses 

Ver comentários