Notícia

Motorista de aplicativo é amarrado e amordaçado em assalto em Cariacica

Criminosos foram presos minutos depois pela Polícia Militar com a ajuda de um rastreador presente no veículo

Ocorrência foi registrada na DHPP
Ocorrência foi registrada na DHPP
Foto: Fernando Madeira

Um motorista de aplicativo, de 36 anos, sofreu momentos de terror psicológico durante um assalto em Cariacica, na noite da última terça-feira (13). Ele foi amarrado, amordaçado e jogado em um matagal por dois criminosos que fingiram ser passageiros. Mas os bandidos acabaram presos após a vítima acionar a polícia e informar que no carro roubado havia um rastreador em tempo real. O veículo foi recuperado pela Polícia Militar em Vila Velha

De acordo com a polícia, era por volta das 20h30 quando o motorista recebeu acionamento pelo aplicativo para um suposto passageiro na região terminal de Campo Grande, Cariacica. Os dois homens entraram no veículo, com destino para Alzira Ramos, no mesmo município. 

> Motorista de aplicativo é assaltado e abandonado amarrado na Serra

Ao chegarem no fim da corrida, os bandidos anunciaram o assalto. Eles ainda rodaram por algumas ruas do bairro enquanto roubavam os pertences da vítima. Por fim, amarraram e amordaçaram o motorista, que foi jogado pelos assaltantes em um matagal, na Estrada do Tanque, Zona Rural de Cariacica. Após todo o terror psicológico, os criminosos fugiram levando o carro da vítima, que não teve marca e modelo divulgados pela polícia. 

 

Sozinho, o motorista conseguiu soltar-se e pedir ajuda a populares da região. A Polícia Militar foi acionada e o motorista contou aos militares que o veículo roubado possuía um rastreador de monitoramento em tempo real. Os PMs conseguiram identificar por onde os bandidos passavam, fizeram a perseguição e localizaram o carro na rua Armando de Abreu, no bairro Zumbi dos Palmares, em Vila Velha

> Motorista de aplicativo é atingido com tiro na cabeça na Serra

No bairro, os assaltantes foram interceptados e detidos pelos policiais militares. Os dois foram identificados como Aumir Alves de Oliveira Junior e Lucas Alves Souza, ambos com 24 anos. De acordo com a PM, com a dupla foi encontrada uma mochila da vítima com vários pertences pessoais. Os detidos afirmaram que um terceiro indivíduo participou da ação, planejando o crime. Porém, o suspeito não foi localizado.

Os dois foram encaminhados à 2ª Delegacia Regional de Vila Velha, onde foram autuados em flagrante por roubo mediante grave ameaça ou violência a pessoa e associação criminosa. Depois, foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Ver comentários